sábado, 22 de abril de 2017

Enem tem novas regras para pedidos de isenção de taxa

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deste ano tem novidades para os candidatos. As regras para pedir a isenção do pagamento da taxa de inscrição mudaram, pois, a partir desta edição é preciso comprovar a renda da família.
Para tanto, é necessário apresentar o Número de Identificação Social (NIS), que permite identificar aqueles que estão cadastrados em programas sociais. O objetivo é evitar fraudes e garantir o direito aos que realmente precisam.
“O que a gente deve combater, evidentemente, é a fraude, o uso indevido de uma gratuidade por parte de pessoas que, a rigor, têm renda elevada e que não deveriam utilizar esse mecanismo, destinado aos mais pobres do Brasil”, afirmou o ministro da Educação, Mendonça Filho.
Até o ano passado, os pedidos de gratuidade eram feitos unicamente por meio de uma declaração do candidato, informando que se enquadrava na faixa de baixa renda familiar.
Requisitos
A isenção da taxa está garantida aos concluintes do ensino médio em escolas públicas e também contemplados pela Lei nº 12.799/2013, que dispõe sobre esse benefício nos processos seletivos de ingresso em cursos das instituições federais de educação superior.
De acordo com o texto, podem solicitar isenção os concluintes de ensino médio em escola pública ou em escola privada com bolsa de estudos integral e que tenham renda igual ou inferior a um salário mínimo e meio por integrante da família.
A presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Maria Inês Fini, explicou que o candidato que solicitar a isenção mas deixar de fazer a prova vai precisar justificar a ausência caso queira solicitar gratuidade na edição seguinte do exame. Será aceito atestado médico ou documento robusto que comprove a impossibilidade do comparecimento.
“Nós tivemos no ano passado uma massa enorme de alunos, mais de um milhão, que fizeram a inscrição, se beneficiaram da gratuidade e sequer consultaram no aplicativo o local de suas provas. Então, o Inep e o MEC imprimem a prova, contratam o transporte, alugam a sala, e simplesmente essas pessoas não vão, uma medida de irresponsabilidade com o gasto público”, afirmou Maria Inês Fini.
As inscrições para o Enem 2017 começam no dia 8 de maio e vão até o dia 24 do mesmo mês.

Prefeita de Frutuoso Gomes anuncia apoio à reeleição do deputado Souza


O Deputado Souza esta crescendo politicamente na Região Oeste do Estado, principalmente na cidade de Frutuoso Gomes. Souza que na última eleição em 2014 contou com o apoio do vereador Bebe e um grupo de amigos obteve cerca de 400 votos no município, em 2018 a expectativa é de dobrar essa votação porque agora o grupo aumentou com a chegada da prefeita Janda Jácome, dos ex-prefeitos Lucídio Jácome e Fagner Carlos e todo grupo que faz a situação na cidade.
 
A prefeita já se antecipou reuniu o seu grupo político e oficializou apoio à reeleição do deputado Souza que se identificou com a Região Oeste.
 

Lava-Jato e não financiamento público de campanhas


Que os políticos tentem sobreviver depois de um tsunami de denúncia é compreensível. Não dá para engolir é a imprensa, com carinha de espanto, tentando fazer as pessoas apoiar essa gente que tomaram as instâncias de governo de assalto.
Mesmo havendo denúncias e fortes indícios de que o Congresso Nacional e Palácio do Planalto tornaram-se um balcão de negócios, onde se vende a legislação ao gosto da empreiteira, eles estão sempre ouvindo os “analistas” para dar uma forcinha, sabe-se lá a que custo, a essas milícias governamentais.
Nesses momentos críticos usam demais o clichê de que “não se vive sem político ou sem a política”. Disso ninguém discorda. Uma coisa é viver sem política, outra bem diferente é viver sem larápios do dinheiro público.
Ainda querem aprovar o financiamento público para campanhas eleitorais. É preciso reforçar que os candidatos já possuem certa notoriedade junto ao público. Também é preciso acabar com essa visão de que as campanhas devem ter gastos astronômicos. A tese de que os bilhões de dinheiro público para as campanhas têm por objetivo os candidatos sem recursos é pura falácia para dar dinheiro aos renomados. Em síntese, a população tira o dinheiro do remédio para ser enganada com propagandas mentirosas.
Outra defesa enfática e até raivosa é de que a população não deve vaiar os homens que tiraram até a água do povo para se locupletar. Esquecem-se do período de campanha quando eles invadem a casa das pessoas sem pedir permissão nem com autorização prévia.
Já os cidadãos não podem ir à frente das casas deles para demonstrar sua insatisfação.  Se os gritos fossem de apoio, as imagens seriam capas de revistas e de jornais. E os gritos seriam manchete de abertura de noticiários de televisão.
E essa corda do abismo moral não para de esticar. Enquanto para a sociedade é péssimo saber que não sobra um político para apagar a luz, para eles isso é alentador, como se manifestou Lula numa emissora de rádio. Por essa lógica, a falha só é grave se for exceção, e cometida por poucos, quando se torna regra passa a ser virtude.
Pedro Cardoso da Costa – Interlagos/SP
     Bacharel em direito

Secretaria de Saúde de São Miguel promove Programa Saúde nas Escolas


A Prefeitura de São Miguel, através da Secretaria de Saúde, desenvolveu entre os dias 17 e 20 de abril uma série de atividades nas escolas do município para a promoção do Programa Saúde na Escola. A programação envolveu aulas e intervenções culturais com esclarecimentos sobre os cuidados com a saúde, principalmente no enfrentamento às vulnerabilidades que comprometem o pleno desenvolvimento de crianças e jovens da rede pública de ensino.

De acordo com o secretário municipal de saúde, Luís Marcos Alves da Costa, a integração entre as áreas da gestão é importante para a concretização de resultados mais consistentes. "A união entre as ações da saúde e da educação é de essencial importância e se complementam. Entendemos que a aprendizagem é melhor quando nossos alunos estão saudáveis", disse.

Homem reage a assalto e mata mulher na Grande Natal


Um casal tentou roubar uma motocicleta e a mulher foi morta na noite desta quinta-feira (20) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. O homem tentou fugir para o matagal mas foi preso.
De acordo com a Polícia Militar, o casal tentou roubar uma moto, mas a vítima reagiu e atirou contra os suspeitos. A mulher morreu na hora e o homem tentou fugir, mas foi pego pela polícia. Francisco Radeilson Santana Borges, de 23 anos, foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo.
Segundo a Polícia Civil, o homem preso já respondia por roubo e aguardava o julgamento em liberdade. A mulher morta durante a ação criminosa é Joseane gomes de Paiva, de 20 anos.
Segundo a PM, o homem que reagiu ao assalto e atirou nos suspeitos não foi identificado.
G1 RN

Styvenson está de volta com a "Operação Tolerância Zero"


Nesta sexta-feira (21) começou a “Operação Tolerância Zero 2” com intervenções nas vias de maior fluxo dos municípios da Grande Natal. As atividades são comandadas pelo capitão da Polícia Militar Styvenson Valentim, que ficou conhecido como capitão da Lei Seca, devido sua atuação nas operações de abordagem no trânsito.
Styvenson é comandante do 9º Batalhão da Polícia Militar e, por isso, suas atividades se limitam à zona Oeste da capital. Com a operação, o capitão, volta às ruas da Grande Natal. A Operação Tolerância Zero 2 visa apreender veículos com emplacamentos atrasados, com características modificadas e ainda realizará abordagens a motos, ônibus e táxis a procura de armas e drogas. A operação é conjunta com a Polícias Civil, Militar, Rodoviária Federal e estadual, BP Choque e ROCAM.
Blog do Xerife

Idosa de 63 anos e mais três pessoas são baleadas durante atentado em Lagoa Seca


Uma idosa de 63 anos e mais três pessoas foram baleadas durante um atentado na noite desta sexta-feira (21), na rua Professora Clara Teixeira Fagundes, no bairro Lagoa Seca, zona Leste de Natal. Segundo uma testemunha os atiradores chegaram em dois carros e armados de pistolas; uma das vítimas está em estado grave.
O fato ocorreu por volta das 19h, cerca de sete pessoas estavam na frente de uma residência, inclusive crianças quando homens em um HB20 e um Ford KA chegaram atirando. "Eles já desceram atirando em todos que estavam no local ferindo até minha mãe que é idosa", disse um familiar de duas das vítimas.
Além da idosa de 63 anos baleada de raspão outra mulher e dois homens, foram atingidos pelos tiros, um deles, identificado apenas como Anderson, saiu do local em estado grave. As demais pessoas não correm risco de morte. A polícia Militar esteve no endereço do atentado, colheu as informações e realizou diligências, no entanto nenhum suspeito foi identificado ou preso.
portalbo.com

Assassinato de mulheres cresce 37% no RN em 2017


O mês de abril ainda nem acabou, porém apresenta números elevados de mortes de mulheres, feminicídio. Até a última quinta, 20, 37 mulheres foram assassinadas no Rio Grande do Norte, segundo dados do Observatório da Violência Letal Intencional do RN (OBVIO).
As 37 mortes provocadas por condutas violentas letais intencionais no ano 2017 distam 10 vítimas do número alcançado no mesmo período em 2016 e 4 em 2015, são 37% de aumento de mortes matadas de mulheres e destas, 6 tiveram as características de violência doméstica e/ou de gênero.
Em números gerais já foram assassinadas até a última quinta 755 pessoas, uma média de um assassinato a cada três horas.
portalnoar.com

Petrobras decide aumentar preço da gasolina e do diesel em 2,2%


A Petrobras anunciou que vai aumentar a partir desta sexta-feira (21) o preço da gasolina em 2,2%, na média, e do diesel em 4,3% nas refinarias. Nos postos de combustíveis, a decisão sobre o repasse dos preços é dos comerciantes.
Segundo a estatal, a decisão foi tomada com base na “elevação dos preços dos derivados nos mercados internacionais” desde a última decisão de preço.
Essa variação “mais que compensou a valorização do real frente ao dólar”, acrescenta a empresa. Também motivaram o aumento ajustes na competitividade da Petrobras no mercado interno.
“É preciso destacar ainda que o comportamento dos preços de derivados foi marcado por volatilidade nos mercados internacionais em resposta a evento geopolítico, como o ocorrido na Síria”, informa a estatal.
G1

Vereador Josias de Extremoz visita obras abandonadas pelo ex-prefeito na Praia de Genipabu



O vereador Josias (PROS) visitou as obras inacabadas na Praia de Genipabu.
Na oportunidade, o vereador conversou com barraqueiros e presenciou "in loco" como se encontra os quiosques da praia.
"Essa obra é do antecessor que deixou inacabada, mas nós iremos lutar para a conclusão desse empreendimento que vai alavancar a economia e o turismo de nosso município" disse Josias.
O vereador fez questão de esclarecer que foi o ex-prefeito Klaus Rêgo que abandonou a obra e o responsabilizou pelos transtornos que os comerciantes estão passando na Praia.
"É inadmissível o que o antigo gestor fez abandonando uma obra tão importante para empresários, moradores e turistas. Lutarei para conseguir a conclusão dessa obra que colocará nosso município nos caminhos do desenvolvimento", encerrou Josias.