Irmãos Bolsonaro usam camiseta com ‘recado’ a Calheiros

 


O deputado federal Eduardo Bolsonaro e seu irmão, o senador Flávio Bolsonaro, postaram uma foto em que aparecem com uma camiseta com provocações ao relator da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19, o senador Renan Calheiros (MDB-AL).

Eduardo veste uma blusa em que está escrito “Genocida não é quem de$tina e sim quem de$svia”. Já Flávio usa uma peça em que diz: “Imagina um cidadão honesto ser preso por um vagabundo como Renan Calheiros”. Esta última frase foi dita pelo próprio senador ainda em maio deste ano, após o início da CPI.

Ainda na publicação, Eduardo faz propaganda da loja virtual Camisetas Opressoras, que produz e vende peças com mensagens de direita.

A ofensiva de Flávio Bolsonaro contra Calheiros ganhou força nos últimos dias, quando o senador alagoano afirmou que o filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro está sendo investigado no caso da vacina indiana Covaxin.

Flávio, por sua vez, trabalha para que a Procuradoria-Geral da República e o Conselho de Ética do Senado investiguem Calheiros.

– Já corre nos corredores do Senado, todo mundo sabe que ele tem um bunker com uma foto minha colada na parede e com um organograma de pessoas que estão no entorno. E ele busca algo contra elas, que não tem nada a ver com covid, nada a ver com nada para tentar me incriminar de alguma forma, me desgastar de alguma forma. Esse é o instrumento que o senador, relator de um a CPI, está usando, de forma ilegal, abusiva, e que vai ser representado por mim na Procuradoria-Geral da República e no Conselho de Ética desta casa por essas posturas completamente ilegais, abusivas, absurdas do senador Renan Calheiros – disse Flávio

PLENO NEWS

Nenhum comentário