Maior romanceira do Brasil, potiguar Dona Militana é homenageada pelo Google

 


O Google cebebra nesta sexta-feira (19) o 96º aniversário da cantora e contadora de histórias Militana Salustino do Nascimento, mais conhecida como Dona Militana. Potiguar de São Gonçalo do Amarante, a romanceira foi homenageada com um doodle na página inicial do buscador.

“O Doodle de hoje, ilustrado pela artista convidada Bel Andrade Lima, comemora os 96 anos da cantora e contadora de histórias Dona Militana, cuja vasta memória de baladas medievais proporcionou um registro único de contos ibéricos e brasileiros de gerações”, publicou o buscador.

Quando criança, Militana trabalhava no campo; plantando safras e tecendo cestos com seu pai, que cantava enquanto trabalhavam. Muitas de suas canções contavam histórias de uma era passada de reis, rainhas, guerreiros e amantes medievais - histórias que Militana nunca amortecidas. 

O talento tradicional de Militana permaneceu praticamente desconhecido por décadas, até que ela foi descoberta pelo folclorista Deífilo Gurgel na década de 1990. Foi então que ela compartilhou com o mundo sua prodigiosa crônica de histórias e histórias - algumas das quais com mais de 700 anos. 

Em 2000, Militana gravou “Cantares”, uma coleção de 54 canções com alcance de romance, com letras e melodias que refletiam com precisão a época em que se originaram. 

Com o lançamento do projeto, o público em todo o Brasil ficou sabendo de Dona Militana - um guardiã de uma história brasileira quase perdida no tempo. Em reconhecimento ao seu impacto na cultura brasileira, Dona Militana religiosa a Ordem do Mérito Cultural em 2005. Ela faleceu em 2010.

Nenhum comentário