Pitangui Beach Resort vai gerar 1,4 mil novos empregos em Extremoz

 


A iniciativa imobiliária visa fomentar a economia local, gerar empregos e desenvolver a região, através da construção de diversos equipamentos  turísticos como um hotel de luxo, pousada, parque aquático, um condomínio, um haras, entre outros.

O projeto deve gerar 1,4 mil novos empregos diretos e indiretos, sendo 350 só na operação. Com 8.721 m² de área construída, o resort será entregue com 114 apartamentos de até 74 m², e está preparado para funcionar como uma casa de férias. A área de lazer terá restaurante para até 300 pessoas, duas piscinas para adultos (230 m² e 300 m²) e uma infantil (de 78 m²), brinquedoteca, salão de jogos e fitness, entre outras facilidades.

Para viabilizar o projeto, durante a apresentação, Paulo de Paula solicitou ao governo algumas melhorias em áreas como educação, segurança, saúde e acessos viários na região onde o empreendimento será construído.

Entre outras atrações, o Pitangui Beach Resort ainda abrigará: o Lagoa Park, o Hotel Boutique, o Beach Club e o Day Use.

Nenhum comentário