PRESO DE JUSTIÇA USANDO TORNOZELEIRA ELETRÔNICA É MORTO COM MAIS DE 30 TIROS NO INTERIOR DO RN


O apenado do regime semiaberto em liberdade monitorada por tornozeleira eletrônica, Ivanilson Batista de Macedo, 42 anos de idade, natural de Assu e residente no Loteamento Três Vintêns em Mossoró RN, foi assassinado com mais de 30 tiros.
O crime aconteceu no início da tarde deste domingo 17 de janeiro de 2021, na Vila Piauí em Serra do Mel na região Oeste Potiguar. Segundo informações da PM o tornozelado tinha ido aquela cidade, com a esposa passar o fim de semana na casa de parentes.
Ele saiu da casa onde estava e foi a uma mercearia comprar algo e no retorno, quando chegou em frente da residência, foi surpreendido pelos atiradores, que chagaram em um carro branco, todos encapuzados, dois desceram e começaram a atirar contra o preso de justiça, que não teve reação e morreu na hora. Após o crime os assassinos fugiram em sentido ignorado.
O corpo de Ivanilson Batista ficou crivado de balas. A maioria dos tiros atingiram a cabeça e as costas. De acordo com a perícia criminal, não foi possível contabilizar o número de perfurações no corpo do apenado. No local foram recolhidas 30 cápsulas de pistola calibre 9mm e 06 de revolver calibre 38 que ficaram espalhadas em volta do corpo da vítima. Depois que a equipe pericial deixou o local, populares ainda recolheram outras cápsulas de pistola que ficaram no local.
Ivanilson Batista de Macedo respondia na justiça por crimes de roubo majorado (artigo 157) posse ilegal de arma de fogo (artigo 14) e receptação (artigo 180) e atualmente estava no semiaberto monitorado por tornozeleira eletrônica.
O corpo dele foi recolhido após a realização de perícia e encaminhado à unidade do ITEP em Mossoró, onde será examinado e depois liberado para ser enterrado. O crime será investigado pelo delegado da cidade, Valtair Camilo de Paiva.
FIM DA LINHA

Nenhum comentário