ABC anuncia que Wallyson fica para a temporada 2021

 


O ABC confirmou nesta terça-feira que o atacante Wallyson está garantido para a temporada 2021. O ídolo alvinegro chegou a um acordo com a diretoria e definiu a permanência no clube após um ano de 2020 complicado, quando disputou apenas 15 jogos por ter sofrido uma grave lesão ainda em fevereiro. Apesar disso, ainda conseguiu marcar 12 gols. Em campo, foi campeão potiguar, mas não conseguiu ajudar a equipe a conquistar o acesso à Série C.

Os volantes Vinicius Paulista e Valderrama também seguirão no clube, além do goleiro Rafael e dos zagueiros Vinicius Leandro e Helitão, que já haviam sido anunciados.

Wallyson iniciou bem a temporada, marcando sete gols em nove jogos - seis pelo Campeonato Potiguar e um na Copa do Nordeste. Também foi destaque em dois clássicos contra o América-RN, mas logo em fevereiro viveu um drama ao fraturar a tíbia no jogo de ida da primeira fase da Copa do Brasil contra o Aquidauanense. A recuperação durou sete meses - o atacante se dedicou ao tratamento durante o período que as competições ficaram suspensas por causa da pandemia do novo coronavírus.

O "Mago", como é chamado pela torcida, chegou a entrar em campo nos últimos minutos da final do segundo turno do Campeonato Potiguar, no duelo contra o América-RN, mas ainda sem estar 100%. Campeão estadual, ergueu o troféu e chegou a declarar que poderia ter sido o último jogo pelo Alvinegro. Dias depois, acertou a renovação de contrato para a disputa da Série D.

Como não estava 100%, intensificou os trabalhos de fisioterapia e preparação física e só voltou aos gramados na partida contra o Central, no dia 8 de novembro. No total, disputou seis jogos na Série D, marcando cinco gols - um contra o Vitória da Conquista e os outros quatro diante do Jaciobá. O ABC acabou eliminado pelo Globo FC na segunda fase da competição.

Wallyson, hoje com 32 anos, foi revelado pelo ABC em 2007, ano em que foi campeão potiguar e marcou quatro gols na final contra o América-RN (veja no vídeo abaixo), além de ter conquistado o acesso à Série B. Foi negociado com o Athlético-PR e depois rodou por clubes como Cruzeiro, pelo qual foi artilheiro da Copa Libertadores em 2011, São Paulo, Bahia, Botafogo, Coritiba, Santa Cruz e Vila Nova. Retornou ao ABC em 2018, chegou a sair para o Vitória, mas no ano seguinte retornou ao Alvinegro.

GE RN

Um comentário:

  1. SÃO POUCOS OS QUE AMAM UM CLUBE. ZICO,ROBERTO DINAMITE, ROGÉRIO CENI, MARCOS (GOLEIRO DO PALMEIRAS) E WALLYSON. TEM OUTROS TAMBÉM, PORÉM, A MAIORIA É MERCENÁRIO (E COM OS EMPRESÁRIOS GANANCIOSOS PARA AJUDAR). BOA SORTE AO ATLETA DO ABC.

    ResponderExcluir