Corpo encontrado enterrado na Zona Norte de Natal pode ser de menino de 8 anos desaparecido há 22 dias

 


Um corpo que pode ser do menino José Carlos da Silva, de 8 anos, desaparecido há 22 dias, foi encontrado enterrado embaixo de uma árvore, na manhã desta quinta-feira (11), em um terreno na Zona Norte de Natal. Moradores da região faziam buscas pelo garoto, na região, quando perceberam uma área com terra que estava mais funda e "fofa". Segundo vizinhos, as roupas no corpo são as mesmas com as quais o menino foi visto pela última vez antes de desaparecer no dia 21 de outubro.

O corpo está em uma área de matagal entre a comunidade da África, na Redinha, e Pajuçara, próxima à casa onde o menino morava. José Carlos foi visto pela última vez próximo ao Rio Doce, Zona Norte de Natal, quando saiu de casa para levar um suco para o irmão que estava trabalhando no semáforo do cruzamento da Avenida João Medeiros Filho com a Avenida Moema Tinoco. Testemunhas que viram o menino afirmaram que ele estava andando por um caminho próximo a um matagal. A família registrou boletim de ocorrência no dia 22 de outubro.

Policiais militares foram até o local e aguardam a chegada da Polícia Civil e do Instituto Técnico-Científico de Perícia.

A Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) passou a investigar o caso. Porém, sem respostas sobre o desaparecimento, familiares fizeram vários protestos cobrando agilidade e realizaram buscas por conta própria em áreas da região.

No início de novembro, policiais civis e militares do Corpo de Bombeiros da Paraíba usaram cães farejadores para fazer buscas na região onde o menino foi visto pela última vez, mas nada foi encontrado.

Nesta quarta-feira (11), quando o desaparecimento completou três semanas, os familiares fizeram um novo protesto em Natal.

G1 RN

Nenhum comentário