Após assalto, vacinação contra Covid-19 é suspensa na UBS Candelária em Natal

 


Criminosos fizeram um arrastão a pacientes e servidores que trabalham na Unidade Básica de Saúde de Candelária, na Zona Sul de Natal, na manhã desta segunda-feira (31).

Os assaltantes ainda trocaram tiros com guardas municipais, mas conseguiram fugir. Após o crime, a unidade de saúde suspendeu o atendimento e a vacinação contra Covid-19, que é realizada no local.

Segundo o sub-comandante da Guarda Municipal, Carlos Cruz, o caso aconteceu por volta das 10h. Cerca de quatro criminosos armados invadiram a unidade e abordaram as vítimas, tomando celulares, relógios e outros objetos de valor.

A Guarda Municipal foi acionada e se deparou com os bandidos quando chegou ao local. "Eles atiraram e a equipe revidou a injusta agressão", afirmou o sub-comandante. Ninguém ficou ferido.

Os assaltantes estavam em um carro modelo fiat Uno de cor prata e, segundo a guarda, conseguiram fugir pela avenida da Integração.

Equipes da Guarda Municipal fazem buscas pelos suspeitos na cidade.

Em nota, a Secretaria Municipal de Saúde afirmou que foi realizado boletim de ocorrência "e a SMS Natal espera que a polícia encontre os culpados e recupere os pertences roubados".

Em março, bandidos armados invadiram um posto de saúde e roubam vacinas contra a Covid-19 em Natal.

Nenhum comentário