Renan Calheiros debocha da facada recebida por Bolsonaro

 

Renan Calheiros reage após ser xingado por Bolsonaro: ‘“Depois da facada, costuraram intestino na garganta”

Relator da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, Renan Calheiros (MDB-AL) reagiu após ser chamado de “bandido” pelo presidente Jair Bolsonaro, em nova ofensiva contra os senadores da Comissão.

Em publicação no Twitter, Calheiros ironizou ao dizer que não era “especialista em anatomia”, mas que era preciso verificar se após a facada em 2018, “não costuraram o intestino” de Bolsonaro direto “na garganta”.

“Sobre a entrevista de Bolsonaro: Não sou especialista em anatomia, mas é preciso examinar se depois da facada não costuraram o intestino direto na garganta. Talvez só isso explique a retórica da Primeira Latrina”, afirmou o senador.

Bolsonaro tem ignorado há duas semanas a carta da CPI que questiona se o encontro com Luís Miranda (DEM-DG) e o seu irmão, Luís Ricardo. Em entrevista à Rádio Gaúcha em Porto Alegre, na manhã deste sábado, 10, Bolsonaro afirmou que não iria responder “carta para bandido”. “Não tenho obrigação de responder, ainda mais carta para bandido, 3 bandidos. Eu vou responder para ladrões, bandidos? Não vou responder”, disse.

Terra Brasil Notícias

Nenhum comentário