Hospital Onofre Lopes oferece reabilitação para quem ficou com sequelas pós-covid

 


A equipe multiprofissional da Unidade de Reabilitação do Hospital Universitário Onofre Lopes (HUOL), vinculado à Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) e à rede Ebserh, está atuando na reabilitação de pacientes pós-covid-19. Objetivo é auxiliar na recuperação das sequelas decorrentes da doença.


Para obter atendimento, o usuário precisa de encaminhamento médico com a descrição da sequela que está apresentando.


As marcações são presenciais, na recepção da própria Unidade de Reabilitação, que conta com equipe formada por profissionais de fisioterapia e terapia ocupacional. Os usuários com encaminhamento passarão por triagem inicial para inclusão em um programa específico voltado aos casos pós-covid. As sessões terapêuticas são individuais, duas vezes por semana, com duração de até 30 minutos.


As atividades inseridas no projeto incluem:


  • Técnicas de relaxamento e alongamento corporal;
  • Técnicas de reorganização da rotina ocupacional;
  • Auriculoterapia;
  • Ventosaterapia;
  • Técnicas de fortalecimento e resistência muscular;
  • Uso de eletro e termoterapia.

As principais sequelas pós-covid apresentam cansaço excessivo, tosse, nariz obstruído, sensação de falta de ar, perda de paladar, dores de cabeça e no corpo, diarreia, confusão mental e diminuição de memória.

De acordo com a chefe da Reabilitação do HUOL, Ivania Cleide Cavalcanti, a síndrome pós-covid é caracterizada por sequelas funcionais, neurológicas e pulmonares, que exigem cuidado multidisciplinar e especializado. “O tratamento é importante para a recuperação funcional do indivíduo e retorno às atividades cotidianas,” explica.


Serviço


  • O quê: Reabilitação pós-covid-19.
  • Especialidades: Fisioterapia e terapia ocupacional.
  • Público: Curados da covid-19 ainda com sequelas da doença.
  • Requisitos: Encaminhamento médico com a descrição da sequela, documento de identificação e cartão SUS.
  • Agendamentos: De segunda a sexta-feira, das 8h às 11h30 e das 13h às 16h30, na recepção da Unidade de Reabilitação.

Nenhum comentário