Paciente morto no RN não estava infectado por cepa indiana

 


A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Norte informou, na manhã desta quarta-feira (9), que o paciente morto com suspeita de infecção pela variante indiana da Covid-19 não estava acometido pela cepa. A confirmação partiu do Instituto Evandro Chagas, em Belém, que investigou o caso.

Segundo a Nota Técnica emitida pelo Instituto, o resultado da investigação de variante Delta (B.1.617.2) do SARS-CoV-2 em caso suspeito oriundo do estado do Rio Grande do Norte descartou a contaminação.

O paciente de 29 anos, do sexo masculino, apresentava sintomas de síndrome Respiratória aguda grave (SRAG) e foi a óbito no dia 31 de maio de 2021.

Com informações da 98 FM

Nenhum comentário