Governo do RN define estratégias de segurança para chegada das vacinas

 


A governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), voltou a afirmar no sábado 16 que o estado “está com tudo pronto” para iniciar a imunização contra a Covid-19. Autoridades sanitárias do estado se reuniram com representantes do Corpo de Bombeiros, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal e de outras instituições envolvidas no processo de logística para afinar os último detalhes. De acordo com o governo estadual, houve uma simulação da operação com a separação de seringas para a distribuição nas regionais de saúde.  

Atualmente, o Rio Grande do Norte possui 900 mil seringas em estoque, serão usadas na primeira etapa. O estado vai adquirir mais 2,5 milhões de unidades do insumo para dar prosseguimento às etapas posteriores. 

Além disso, o Estado conta com um ultrafreezer, sete câmaras frias de mil litros, 18 câmaras frias de mil litros (três para cada regional). No Centro de Referência em Imunobiológicos Especiais são duas câmaras frias de mil litros, uma câmara fria de 340 a 400 litros, além de 28 Câmaras frias de 340 a 400 litros distribuídas em quatro municípios (quatro em São Gonçalo do Amarante, quatro em Parnamirim, oito em Mossoró e 12 em Natal). Possui ainda oito câmaras frias de mil litros: duas para cada município descrito anteriormente. Em parceria com a UFRN, são sete ultrafreezer para armazenamento das vacinas. 

Na semana passada, o Governo firmou uma parceria com a Cosern Neonergia para a aquisição de 95 refrigeradores científicos a serem distribuídos entre municípios potiguares para armazenamento das vacinas. A companhia doou dois refrigeradores à Sesap suficientes para armazenar cerca de 18 mil doses de 0,5 ml. A contribuição faz parte do Programa de Eficiência Energética (PEE), regulado pela Agência Nacional de Eficiência Energética (Aneel). 

Capacitação dos vacinadores 

A Sesap, em parceria com as Universidades Estadual e Federal do Rio Grande do Norte, o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS/UFRN) e com o apoio logístico do Município de São Gonçalo do Amarante, produziu uma capacitação inédita aos vacinadores que atuarão nas 711 salas de vacinação espalhadas pelo Estado.  

O objetivo é atualizar esses profissionais de saúde sobre as rotinas, organização, materiais a serem utilizados e, especialmente, a forma correta de aplicação do imunizante. O conteúdo, construído de forma inédita no Brasil, está disponível através do AvaSUS, plataforma que oferece cursos online na área da saúde. 

Sistema RN+Vacina 

O Governo do Rio Grande do Norte desenvolveu, também em parceria com o Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS), o sistema RN Mais Vacina que irá monitorar o processo de vacinação contra a Covid-19 em todo o território potiguar. O sistema vai registrar a chegada da vacina enviada pelo Governo Federal, a transferência aos 167 municípios e a aplicação que será feita pelas secretarias municipais de saúde. 

Foram distribuídos mil tabletes para as salas de vacina em todo estado. Para os profissionais que atuam nas Unidades Básicas de Saúde, a Sesap preparou materiais online que utilizados em reuniões agendadas para os Coordenadores da Vigilância Epidemiológica, Coordenadores da Imunização e Secretários Municipais de Saúde. Também serão disponibilizados vídeos tutoriais visando auxiliar o profissional no dia a dia, caso surja alguma dúvida sobre a utilização do sistema.

AGORA RN

Nenhum comentário