Filme Bacurau entra na disputa por uma indicação ao Oscar 2021

 bacurau Filme Bacurau entra na disputa por uma indicação ao Oscar 2021

“Bacurau” já está na disputa por uma indicação a todas as categorias do Oscar 2021, com exceção de melhor filme internacional — no ano passado, foi preterido pela comissão responsável por definir o indicado brasileiro ao prêmio. A distribuidora americana Kino Lauber disponibilizou o longa-metragem dos pernambucanos Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, ganhador do prêmio do júri do Festival de Cannes em 2019, na plataforma de exibição a que os membros da Academia têm acesso.

O anúncio foi feito pelo ator Silvero Pereira, que interpreta Lunga em “Bacurau”, em seu perfil no Twitter e confirmado ao GLOBO pela Kino Lauber.

A produção estreou em Nova York em 6 de março deste ano, antes de a pandemia determinar o fechamento das salas físicas. De acordo com as regras da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood, são elegíveis ao Oscar as produções estrangeiras que ficaram em cartaz em Los Angeles durante ao menos uma semana do ano vigente — e desde que não tenha ficado entre os cinco finalistas da categoria de melhor produção internacional no ano anterior.

Assim, “Bacurau” pode concorrer a todas as categorias do maior prêmio de cinema do mundo. Em outubro, O GLOBO mostrou que a distribuidora americana já mirava, inclusive, na categoria de melhor filme, atenta à tendência da Academia de buscar mais diversidade para a festa.

Lançado no circuito brasileiro em agosto de 2019, “Bacurau” atraiu mais de 800 mil pagantes, além de conquistar inúmeros prêmios em festivais internacionais ao logo de todo o ano, após sua estreia em Cannes, em maio. O thriller sobre uma pequena comunidade no sertão brasileiro assombrada por fenômenos estranhos, que colocam em risco a sua própria existência, ganhou nova força a partir de sua estreia nos Estados Unidos e em praças importantes na Europa. Desde então, ele tem figurado na lista dos melhores filmes do ano — e, portanto, potenciais concorrentes ao Oscar — de muitas publicações, com os jornais “The New York Times” e “The Guardian”, as revistas “Vanity Fair” e “Esquire”, e o site de entretenimento “Indiewire”.

O Globo

Nenhum comentário