Isolda Dantas destaca sanção da Lei de Assistência Estudantil, de sua autoria

 


Crédito da Foto: João Gilberto

Durante pronunciamento na Sessão Ordinária desta terça-feira (22), a deputada Isolda Dantas (PT) externou seu agradecimento pela sanção do Governo do Estado à Lei 10.800, de sua autoria, que institui o Programa Estadual de Assistência Estudantil – PEAE, no Rio Grande do Norte. Ela também parabenizou o governo estadual pelos 10 leitos de UTI disponibilizados recentemente no Hospital Regional Rafael Fernandes, em Mossoró.

“Sexta-feira a governadora sancionou uma lei de nossa autoria, que versa sobre a assistência estudantil. Só quem teve na universidade e passou pelas dificuldades que os filhos da classe trabalhadora passam sabe da importância de existir uma lei de assistência estudantil”, justificou a deputada.

Isolda Dantas acrescentou que a lei garantirá, de forma democrática, a permanência dos filhos da classe trabalhadora tanto nas universidades como no ensino médio. “Eu já estive nessa situação e transformei minha vida. Graças à assistência estudantil eu tive a oportunidade de passar pela querida Uern. E eu sei que vocês que estão me assistindo já passaram, inclusive, pela situação de ter que escolher qual filho iria para a cidade grande estudar. A minha família também viveu isso. Então, eu sinto muita alegria e honra de hoje ser deputada e fazer essa lei, para que todos que necessitam tenham condições de entrar e permanecer nas universidades”, detalhou a parlamentar, agradecendo à governadora Fátima.

Isolda parabenizou o governo estadual pela inauguração da reforma do Hospital Regional Rafael Fernandes, localizado em Mossoró. “A governadora esteve na segunda-feira passada em Mossoró, anunciando 10 leitos de UTI para o Hospital Rafael Fernandes. Eu fui lá pessoalmente e vi que os leitos estão funcionando. Mossoró e região ganharam esses 10 leitos para salvar vidas. Então, parabéns à governadora. Palavra dita, palavra cumprida. Mossoró conta hoje com mais de 30 leitos funcionando em hospital público, só nesse período de pandemia. Esse é um governo que de fato tem dado resposta. Muito obrigada à governadora Fátima Bezerra”, concluiu a parlamentar.

Na sequência, a parlamentar ressaltou que “a democracia foi restabelecida no Instituto Federal do Rio Grande do Norte”. “Nós tivemos uma intervenção absurda do Governo Federal, que nomeou um interventor para o IFRN, passando por cima de um processo eleitoral belíssimo, em que houve a participação dos técnicos, professores e alunos. E ontem, para a alegria de quem acredita na democracia, o professor Arnóbio foi conduzido ao seu devido lugar, que é de reitor eleito e empossado”, frisou.

Na ocasião, Isolda também apresentou uma moção de pesar - segundo ela, muito pessoal – pelo falecimento do professor Felipe Caetano, aposentado pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern).

“Eu queria manifestar a nossa moção de pesar e de um sentimento muito pessoal sobre a partida do nosso querido professor Felipe Caetano. Ele deixou um legado para Mossoró, pois era um entusiasta da cultura da nossa cidade e da nossa universidade, sendo o criador do Festuern, maior festival de teatro do RN. Felipe tinha muitos sonhos para Mossoró, sempre foi alguém cheio de alegria, e eu quero aqui, em nome dos mossoroenses, dos amigos e familiares, manifestar toda minha tristeza, de forma muito pessoal, pela sua partida”, lamentou.

Nenhum comentário