Lewis Hamilton sofre ataques racistas nas redes após vencer GP da Grã-Bretanha

 


O piloto Lewis Hamilton sofreu ataques racistas online depois de vencer o Grande Prêmio da Grã-Bretanha neste domingo (18), informou a mídia britânica.

O heptacampeão mundial comemorou a oitava vitória recorde na corrida depois de revidar uma penalidade de 10 segundos por uma colisão na primeira volta que mandou o rival Max Verstappen ao hospital.

A Sky Sports relatou que Hamilton, 36, virou alvo online horas após a vitória, com mensagens racistas, incluindo emojis de macaco, enviadas como respostas a um post de sua equipe da Mercedes no Instagram.

O Instagram, que pertence ao Facebook, não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

Hamilton tem sido um defensor da justiça social e está entre os apoiadores do movimento 'Black Lives Matter'.

Ele disse, antes da corrida, que foi inspirado pela reação dos jogadores de futebol da Inglaterra aos abusos racistas após a derrota na disputa de pênaltis para a Itália na final do Campeonato Europeu.

O primeiro-ministro britânico Boris Johnson se reuniu com empresas de mídia social na semana passada para pedir que eles intensifiquem a luta contra o abuso online.

CNN

Nenhum comentário