A Prefeitura de Extremoz promove visita técnica visando a regulamentação de rotas transitáveis no litoral



A Prefeitura de Extremoz no dia de hoje (02/07), às 10h, promoveu visita técnica da Praia da Redinha Nova até a Praia de Pitangui, visando a regulamentação de rotas transitáveis no litoral, no tocante ao trânsito de veículos que transitam em praias e nas dunas móveis, como buggy’s e veículos 4x4 praticantes de esporte off road.

O vice prefeito Isidoro Filho, representando a Prefeitura Municipal, acompanhado do procurador geral do município, João Batista, do secretário de turismo, Tiago Manoel, do secretário de transporte e trânsito, Dinarte Torres, do secretário de defesa, Jurandir Júnior, do Comandante da Guarda Municipal Marival, e da fiscalização ambiental do município apresentaram um plano de trabalho para regulamentação do trânsito no litoral com definição de rotas.

A visita técnica também contou com a participação dos técnicos do Instituto de Desenvolvimento Econômico e Meio AmbientaI - IDEMA, do Gestor da APA de Genipabu, Tiego Costa, Cap César do Comando de Policiamento Rodoviário Estadual - CPRE, Departamento Estadual de Trânsito - DETRAN, o presidente do Conselho Estadual de Trânsito do RN – CETRAN, Harrinson Almeida e integrantes da Polícia Militar local e da Operação Lei Seca.

Também participaram representantes das categorias que atualmente trafegam no litoral, como o Sindicato dos Bugueiros Profissionais do RN - SINDBUGGY, a Associação Potiguar de Off-Road - APO, e a Associação dos Proprietários Condutores de Buggy de Aluguel do Rio Grande do Norte - APCBA/RN.

Objetivando a delimitação de rotas de tráfego no litoral e nas dunas móveis com o intuito de promover o desenvolvimento sustentável, a segurança dos que utilizam tais rotas para passeios e lazer, e o fortalecimento da cadeia do turismo no município, o grupo debateu estratégias de atuação conjunta visando construir um consenso no tocante a regulamentação pretendida.

Estas medidas visam também dar cumprimento a sentença judicial que definiu responsabilidades ao município quanto ao licenciamento ambiental, fiscalização e poder de polícia na APA de Jenipabu.

As rotas propostas serão analisadas pelos órgãos ambientais e após aprovação serão georeferenciadas e regulamentadas.



Nenhum comentário