Irmãs morrem no mesmo dia de Covid-19

 


Duas irmãs que moravam em estados diferentes morreram no mesmo dia por Covid-19, no Rio Grande do Norte e no Ceará. O caso aconteceu nesta segunda-feira (24).

Ivonete Peixoto do Nascimento Santos, de 60 anos, e Izolda Peixoto do Nascimento Pinheiro, de 51, eram naturais de Pendências, no Vale do Açu, no Rio Grande do Norte. O município é um dos que vive alta de casos no estado.

Segundo o sobrinho das duas mulheres, o advogado Airton Luz, de 30 anos, ambas pegaram a doença no mesmo período, mas em estados diferentes.

Ivonete, conhecida como Nininha, era professora aposentada e morava no município potiguar. Já Izolda era pastora evangélica e acompanhava o marido no ministério em Fortaleza, no Ceará.

Ambas pegaram a doença no mesmo período, precisaram de internação e morreram no mesmo dia, segundo Airton. "Recebemos a notícia do falecimento das duas quase na mesma hora, ontem à tarde", contou.

Ainda de acordo com Airton, as tias ficaram doentes há pouco mais de 30 dias. Ivonete, que era diabética, precisou ser internadas cerca de dois dias depois, foi transferida para Mossoró e ficou intubada na UTI do Hospital Tarcísio Maia, em Mossoró.

Já Izolda ficou isolada em casa, no Ceará, por sete dias, mas começou a tossir, teve baixa da saturação e também precisou ser internada em um hospital privado, mas não resistiu nesta segunda-feira (24).

Outros familiares também ficaram doentes no período. "Minha mãe, meu irmão, o marido da minha tia Nininha também pegaram, mas estão bem", conta o advogado. As duas mulheres, porém, tiveram a doença de forma mais grave.

"Elas saiam pouco de casa, estavam mais isoladas. A situação aqui na região está difícil. Hoje um colega, advogado também faleceu", contou Airton Luz. "A família está triste com a grande perda, mas crendo que Deus está no controle de todas as coisas e que nesse momento minhas tias estão ao lado do pai", disse.

A Câmara Municipal de Pendências publicou uma nota lamentando o falecimento das irmãs e também do colega de Airton, Iran Filho. A prefeitura suspendeu as atividades presenciais na rede de ensino em luto pelo falecimento da professora aposentada Ivonete.

Segundo boletim municipal publicado nesta segunda-feira (24), o município registra mais de 1.100 casos de Covid-19 desde o início da pandemia, sendo que 41 pessoas estão em tratamento.

Ao todo, 29 óbitos foram registrados na cidade, cuja população é estimada em cerca de 15 mil habitantes pelo IBGE.

A prefeitura do município é uma das que discutem com o governo do estado a publicação de um decreto com medidas mais restritivas para o Vale do Açu e para a região Central potiguar.

A taxa de ocupação de leitos de UTI na região Oeste é de 100% e 37 pessoas aguardavam um leito, na região, no início da tarde desta terça (25).

G1

Nenhum comentário