Portal lança campanha para manter 13 anos de jornalismo independente



O Substantivo Plural marcou época em 2007 com pioneirismo no jornalismo independente no Rio Grande do Norte. Desde então se mantém firme na vanguarda das notícias culturais como o principal veículo do segmento em solo potiguar.

“São 13 anos de serviços prestados à arte local. Temos um banco com 35 mil postagens. É a história da nossa cultura nesse tempo, além de textos memorialísticos que reforçam nossa identidade e nossa história”, frisa o editor Sergio Vilar.

E toda uma economia criativa que orbita em torno da cultura é beneficiada com a divulgação do portal, desde o ambulante ao empresário que abre espaço aos artistas. São 7 postagens ao dia, em média e replicadas em todas as redes sociais do site.


“Também damos voz às minorias, visibilidade à arte independente e a importância do Substantivo se eleva também quando pouquíssimas mídias se voltam a essas pautas em nosso Estado”, destaca o também editor Conrado Carlos.

E são apenas dois editores para tocar um combo de atualizações diárias no site e nas redes, a atenção às demandas da classe artística e do público, produção de vídeos, elaboração de projetos, custos de manutenção e parte comercial do Substantivo.

“O salário mínimo do jornalista no RN – dos mais baixos do país – é de R$ 1.735,96 para 5 horas trabalhadas. E todos os dias dispensamos, no mínimo, um expediente inteiro para manter o ritmo intenso do portal. Mas sem remuneração e muitas vezes investindo do bolso para cobrir custos do site”, lamenta Vilar.

“Hoje tocamos uma verdadeira empresa que trabalha de forma gratuita para divulgar nossos artistas. Mas chegamos a um ponto que está inviável para manter esse ritmo por muito mais tempo. Por isso a importância dessa campanha para continuarmos esse trabalho fundamental para a cultura potiguar”, reforçou Conrado.

Colaboração e recompensas

Embora o conteúdo do Substantivo seja gratuito para todos, até como reconhecimento a quem quer ajudar os editores firmaram parcerias para oferecerem recompensas, conforme as colaborações mensais, que podem ser nos valores de R$ 10, R$ 20, R$ 50 e R$ 100.

“Se você quer ajudar a cultura potiguar, se você valoriza o jornalismo independente e sério e aprecia o trabalho desenvolvido pelo Substantivo Plural ao longo desses 13 anos, nos ajude a manter o site no ar. Os artistas e nossa história agradecem. Vamos ser plurais!”.

Nenhum comentário