Papa Francisco: “a fofoca é uma peste pior que a Covid”

Foto: Vatican Media
Durante a celebração do Angelus neste domingo (06), o papa Francisco pediu que os fiéis “façam um esforço” e evitem ficar fazendo fofocas que destroem o senso de comunidade.
As fofocas fecham o coração à comunidade, impedem a unidade da Igreja. O grande fofoqueiro é o diabo, que sempre sai dizendo coisas ruins dos outros, porque ele é o mentiroso que tenta desunir a Igreja, afastar os irmãos e não fazer comunidade. Por favor, irmãos e irmãs, façamos um esforço para não fofocar. A fofoca é uma peste pior que a Covid, pior: foi o que disse o Papa Francisco no Angelus deste domingo, 23º do Tempo Comum, na Praça São Pedro, acrescentando: “O ensinamento de Jesus nos ajuda muito, porque pensemos num exemplo: quando nós vemos um erro, um defeito, um escorregão de um irmão ou de uma irmã, normalmente a primeira coisa que fazemos é contar aos outros, fofocar”.
Francisco convidou os fiéis a fazer sempre que necessário fazerem “uma correção fraterna”, um “hábito saudável para que nas nossas comunidades possam sempre ser instauradas novas relações fraternas, fundadas no perdão recíproco e sobretudo na força invencível da misericórdia de Deus”.
Com informações de IstoÉ e Vatican News

Nenhum comentário