Polícia Civil faz busca e apreensão por suspeito de assassino Giovani Gabriel


Os Policiais civis da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) deflagraram, na manhã desta quarta-feira (19), uma operação “Romanos 12:19”, com o objetivo de cumprir mandado de prisão temporária e mandados de apreensão em desfavor do investigado pelo crime de homicídio que vitimou o jovem Giovani Gabriel de Souza Gomes.
Grabriel tinha 18 anos quando foi assasssinado. O corpo do jovem foi encontrado na comunidade Pau Brasil, no município de São José de Mipibu, no dia 14 de junho após nove dias desaparecido, quando saiu de casa, no dia 5 do mesmo mês, para visitar a namorada em Parnamirim.
Algumas pertences dele foram assumidos, no mesmo dia, como a bicicleta em que ele andava e as sandálias que calçava, em uma área de matagal próxima à casa da namorada. Após o tempo de mais de uma hora, após a saída dele de casa, e o tempo previsto para o percurso, uma namorada informada à mãe de Gabriel que ele não havia chegado ao destino. Desde então, foram iniciadas como buscas pela polícia.

Nenhum comentário