PF diz que renda de Flávio Bolsonaro é compatível com bens

Foto: reprodução
No relatório do inquérito eleitoral sobre Flávio Bolsonaro, o delegado da Polícia Federal Erick Blatt, do Rio de Janeiro, afirmou que a “renda do investigado na época (2014) era compatível com os bens declarados e que não houve evolução patrimonial significativa entre 2012 e 2014”, segundo a Folha.
Como publicamos em maio, a PF concluiu o caso sem fazer quebras de sigilo fiscal e bancário.
Para dizer que não houve evolução patrimonial, o delegado apenas tomou o depoimento do senador e analisou seu imposto de renda.
O Antagonista

Nenhum comentário