MARCELO QUEIROZ: "ENFIM, O PASSO QUE NÓS TANTO ESPERAMOS E QUE FAREMOS, JUNTOS, SER FIRME E EFETIVO"



A Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado (Fecomércio RN) vem a público registrar sua imensa satisfação e alívio com as medidas anunciadas nesta segunda, 29, pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias, e pela governadora do Estado, Fátima Bezerra, ambos confirmando, respectivamente para os dias 30.06 e 1º de julho, o início da Retomada Gradual das Atividades Econômicas na cidade de Natal e no estado do Rio Grande do Norte.
Este momento vinha sendo construído a muitas mãos. E nós, do setor produtivo potiguar, temos certeza de que fizemos nossa parte. Fomos, muitas vezes, além do que seriam nossos compromissos. Desde 5 de maio, quando entregamos ao Governo do Estado o Protocolo de Retomada, prevendo uma série de ações e critérios para darmos início, gradativamente, à reabertura de nossos negócios, nutríamos esta expectativa.
Chegamos, também, muito além dos nossos limites. Dos limites de nossas empresas. Foram mais de 100 dias em que demos uma cota imensa de sacrifício em nome da saúde dos potiguares.
Desde março, Comércio, Serviços e Turismo têm amargando recordes negativos de desempenho. Apenas o setor de comércio perdeu cerca de R$ 300 milhões em faturamento e se viu obrigado a demitir mais de 10 mil pessoas.
Com isso, o percentual de desemprego no RN, que era de 11,2% em fevereiro, atingiu 12,3%. Estimamos que entre 10 mil e 15 mil empresas simplesmente não vão mais conseguir reabrir suas portas. Um levantamento feito pela Emproturn aponta que 42% das empresas turísticas potiguares já chegaram ao seu limite. Nos próximos 30 dias, 72% delas dizem que não terão mais condições de continuar funcionando.
Estes mais de 100 dias foram de muita angústia para inúmeros pais de família e de muita cobrança sobre a Fecomércio. A reabertura que se prenuncia foi, também, fruto de incontáveis debates que tivemos com as autoridades. Alguns mais acalorados, alguns mais tensos. Mas todos foram válidos e que nos conduziram, da melhor maneira, até aqui.
À sociedade potiguar, garantimos que o nosso segmento está preparado e seguirá se aprimorando para que esta retomada gradual se dê com toda a segurança e firmeza. E que ela seja um passo definitivo à frente para todo o RN. E, ainda, mais uma vitória de todos nós no enfrentamento desta pandemia, que tem ceifado vidas de tantos potiguares e, também, vem tirando o sono e destruindo a dignidade de tantos empreendedores, trabalhadores e de suas famílias.
Fazer desta reabertura algo definitivo e positivo é tarefa de todos nós. Empreendedores, autoridades, consumidores, colaboradores. Atender os protocolos, fiscalizar sua aplicação, orientar eventuais ajustes, fazer o RN retomar o rumo do crescimento. São estes os mais novos desafios de um período que tantos obstáculos nos tem imposto. Vamos a eles!

Nenhum comentário