Depen lança concurso com mais de 300 vagas


O Departamento Penitenciário Nacional (Depen) publicou, nesta terça-feira-feira (05/05), o edital do concurso do órgão com previsão de 309 vagas imediatas. Os cargos disponíveis são de especialista federal em assistência penitenciária e agente federal de execução penal. As remunerações chegam a R$ R$ 6,030,23. Atualmente, o Depen tem déficit de 313 servidores.
As inscrições devem ser feitas por meio do site da banca organizadora, o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), da Universidade de Brasília (UnB), entre 15 de maio e 5 de junho.
A inscrição custa R$ 130, para quem concorrer ao cargo de agente, e R$ 120, pra quem vai disputar uma vaga para especialista federal. A prova será aplicada em 6 de setembro nas capitais dos 26 estados brasileiros, no Distrito Federal e nas cidades de Mossoró (RN) e Catanduvas (PR).
Quem deseja concorrer às vagas de especialista precisa ter nível superior em qualquer área. No total, são 15 oportunidades. Os especialistas são responsáveis pelas atividades de classificação e assistência material, educacional, social e saúde do preso.
Para se tornar agente, é necessário ter ensino médio completo. São 294 oportunidades. Eles são responsáveis pelo exercício das atividades de atendimento, vigilância, custódia, guarda, assistência e orientação de pessoas recolhidas aos estabelecimentos penais federais e das atividades de natureza técnica, administrativa e de apoio a elas relacionadas. As remunerações iniciais variam de R$ 6,030,23 e R$ 5.865,70, respectivamente.
Os aprovados serão lotados, de acordo com a necessidade da administração pública, em uma das seguintes unidades penais federais: Penitenciária Federal em Mossoró (RN); Penitenciária Federal em Porto Velho (RO); Penitenciária Federal em Brasília; Penitenciária Federal em Campo Grande (MS); Penitenciária Federal em Catanduvas (PR); ou na sede do Depen em Brasília.

Nenhum comentário