Governo discute apoio à construção de novo shopping em Parnamirim


 

O investimento de R$ 300 milhões para a construção de um shopping center em Parnamirim foi tema da reunião entre representantes do Governo do Estado e diretores da empresa Legattus na tarde desta quarta-feira (18). O grupo sediado em São Paulo estima começar as obras no bairro de Emaús no mês de outubro, gerando cerca de 1500 empregos diretos e indiretos na fase de construção.

Após a apresentação do projeto chamado Praça das Dunas, a governadora Fátima Bezerra instruiu o secretário estadual de Tributação, Carlos Eduardo Xavier, e o assessor técnico da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Econômico (Sedec), Pedro Lima, a encontrar alternativas legais para cooperar com o investimento.

“Nosso papel enquanto Governo é fazer o que estiver ao alcance dentro da legalidade para atrair novos investimentos. O compromisso é de diálogo franco e transparente com o setor produtivo, com o objetivo final que é a geração de emprego para o estado. Fico muito feliz que esse grande investimento possa estar se concretizando naquela região”, disse a governadora. Uma proposta de convênio para incentivo fiscal na construção do shopping será montada pela Secretaria de Estado da Tributação (SET) e levada ao Conselho Nacional de Política Fazendária no final de setembro.

A disposição do Governo em apoiar o empreendimento na Região Metropolitana foi bem recebida pelos diretores da Legattus presentes ao encontro. “Esse é um dos nossos principais investimentos, com 70 mil m² de área construída prevista. E também teremos um centro de convenções de 8 mil m² no mesmo empreendimento, além de um projeto integrado com o bairro. Por isso agradecemos o apoio do governo”, destacou o diretor de desenvolvimento, Thiago Richter Venturole.

O projeto de construção do shopping Praça das Dunas já está licenciado e deve gerar 2000 empregos na fase de operação. A expectativa da empresa Legattus é abrir o shopping entre o fim de 2021 e o início de 2022. “A receptividade excelente que tivemos do Governo é animador. Só temos a agradecer”, completou o diretor de engenharia, Wilson de Porto Sá.

Nenhum comentário