Educação financeira é tema de palestra na Escola do Legislativo da Câmara


 
Muito mais que economizar, educação financeira é um sentindo amplo de como tratar com suas receitas e despesas. A conclusão foi um dos tópicos tratados na manhã desta quinta-feira (19) na palestra sobre "Educação Financeira para Empreender", ministrada pelo analista técnico do Sebrae/RN, Sheyson Medeiros, em sequência às atividades educativas da Escola Legislativo da Câmara Municipal Natal.

O objetivo da palestra foi capacitar seus participantes a construir seu planejamento financeiro pessoal. O palestrante Sheyson Medeiros explica que as pessoas passam a vida estudando e se capacitando, mas não estudam sobre dinheiro. “Na escola ninguém fala de educação financeira e assim vamos seguindo a vida tratando o dinheiro de uma maneira equivocada”. Segundo ele, um dos maiores problemas de desequilíbrio financeiro vem da tomada de decisões  equivocadas, onde fazemos escolhas erradas e pagamos um preço alto sem perspectiva de prosperidade econômica.

Ainda para Sheyson, o mundo vive um momento onde a educação financeira “está na moda”. O que é bom, pois a tendência é que a sociedade caminhe para uma geração mais bem informada, com melhores conhecimentos e escolhendo melhor como manusear suas finanças. O técnico destaca que a base para educação financeira parte de saber fazer escolhas. “Por exemplo, sempre que eu resolvo comprar um bem pagando juros mostra que eu não tive paciência de esperar para comprar à vista, eu pago duas vezes, uma pelo produto e a outra ânsia de não de aguentar esperar, que são os juros”, pontua.

A assessora parlamentar Marisa Nóbrega aproveitou a oportunidade para se atualizar. O tema é de bastante interesse da servidora, que já participou de outros cursos sobre gestão financeira e acredita que essa é uma ótima oportunidade para se reciclar. “Ter conhecimento sobre finanças traz equilíbrio, seja para economia doméstica ou para quem tem negócios. Eu faço o curso para aprender a não gastar mais do que ganho, quando você entende que ganha 100% e só pode gastar 60% do seu orçamento tudo muda”, relata.

O diretor da Escola do Legislativo, Rafael Jácome, comemora a iniciativa da instituição, que vem trazendo semanalmente cursos em diversas vertentes, com várias grades curriculares para os profissionais da Casa e carga curricular diversificada. “Nós buscamos inserir temas que sejam pertinentes a diversas áreas e que estão ligadas entre elas. A proposta foi dar condições necessárias para que exista o melhoramento no conhecimento de cada um. É bom saber que estamos melhorando as pessoas para uma cidadania mais envolvente”, relata.

Uma dica do especialista Sheyson Medeiros é evitar a compra por impulso, e a sugestão é se colocar em prova. “A dica é o seguinte: se um dia você passa numa loja e decide que quer comprar um produto apenas por impulso, tente esperar em média sete dias para fazer essa compra, se após esses sete dias essa ânsia continuar você vai lá e faz a compra, se não, aquilo realmente não era necessário para você e era apenas impulso, e quem compra por impulso na maioria das vezes paga juros”.

Nenhum comentário