Câmara de Natal apoia e participa do Dia Mundial da Limpeza




 

Centenas de voluntários realizaram neste sábado (21) um mutirão de limpeza em vários pontos de Natal, mobilizados pelo Dia Mundial da Limpeza, entre eles uma comitiva da Câmara Municipal de Natal. A iniciativa foi do Instituto Cidade Limpa, com o apoio do Legislativo Municipal, ONG's e instituições públicas e privadas.

"É uma iniciativa louvável porque ajuda a conscientizar a população sobre a preservação do meio ambiente e a Câmara não poderia ficar de fora, porque o descarte irregular de resíduos é um sério problema nas comunidades e afeta praias, rios, ruas e terrenos da capital, tanto que temos levado para a Casa esse debate sobre o lixo”, destaca o presidente do legislativo natalense, vereador Paulinho Freire (PSDB).

O diretor da Escola do Legislativo Wilma de Faria, Rafael Jácome, ressaltou a importância da Câmara abraçar esta causa e envolver os seus servidores na iniciativa. “Tivemos a oportunidade de participar dessa ação, trazendo nossos servidores que também se voluntariaram com toda a sociedade civil num envolvimento que encanta e mostra como é possível fortalecer a cidadania, de forma organizada e participativa. Foi um dia de fundamental importância e a Câmara cumpre seu papel incentivando esta ação”, disse.

Durante a ação foi lançado o projeto que objetiva tornar Natal a capital mais limpa do Brasil. “São 10 mil voluntários em 16 pontos que entenderam que precisamos parar de apontar quem não fez e passar a fazer. Estamos todos juntos, são cidadãos responsáveis, que entenderam que Natal vai ser a capital mais limpa do Brasil e que Natal é quem vai ganhar com toda essa ação no turismo, na educação. E vamos ganhar também na a economia porque, quando isso acontece, mexe com a economia. Queremos recuperar a autoestima da população natalense”, explica Ana Karla de Souza, coordenadora do Dia Mundial da Limpeza em Natal.

A mobilização teve o objetivo de recolher mais de 13 toneladas de lixo, superando a marca de 2018, numa extensão desde a praia de Ponta Negra até a da Redinha. A Praça Gentil Ferreira, no Alecrim, trechos da Cidade Alta e da Avenida Nilo Peçanha também estão na lista de pontos do mutirão que teve outras finalidades.  "Envolvemos os alunos nesta iniciativa para que vivenciem e tragam para si a responsabilidade com o lixo que produzem. Estamos trazendo para a prática para que saiam daqui como cidadãos melhores”, revela o professor Jandeilson Alexandre, da Casa do Menor Trabalhador.

Nenhum comentário