Déborah Seabra e Magnólia Figueiredo são homenageadas na Assembleia Legislativa


Crédito da Foto: Eduardo Maia

A professora Déborah Seabra e a ex-atleta olímpica Magnólia Figueiredo agora fazem parte do “Memorial RN: mulheres potiguares que fazem história”. A homenagem às duas profissionais norte-rio-grandenses aconteceu na noite desta terça-feira (25), no gabinete do deputado Kelps Lima (Solidariedade), por iniciativa do Solidariedade Mulher do RN.

“Esse nosso trabalho tem sido muito relevante para divulgarmos mulheres inspiradoras do nosso estado. Esperamos que venham muitas outras Déborahs e Magnólias, muitas outras mulheres extraordinárias. Isso é muito importante para a nossa juventude e para a sociedade como um todo”, destacou o parlamentar.

Déborah de Araújo Seabra de Moura é a primeira professora com Síndrome de Down no Brasil, segundo a Associação de Síndrome de Down do RN. Ela é professora auxiliar de desenvolvimento infantil há nove anos e acaba de publicar o livro “Déborah conta histórias”, da editora Alfaguara.

Já Magnólia Figueiredo representou o Brasil em quatro olimpíadas (1988, em Seul; Barcelona, 1992; 1996, em Atlanta; e 2004, em Atenas), tendo permanecido invicta por 15 anos consecutivos nas provas de atletismo que disputou. Além disso, foi a primeira mulher brasileira a chefiar uma equipe de atletismo nos Jogos Panamericanos.

Emocionada, a presidente do Solidariedade Mulher do RN, Luciana Bezerra, enfatizou a representação das homenageadas na luta em favor da valorização das mulheres na sociedade potiguar e, também, brasileira.

Agradecendo a homenagem recebida, a professora Déborah Seabra falou do orgulho que sente por ser símbolo de superação e inclusão social.

Para Magnólia Figueiredo, é muito importante esse reconhecimento, porque as duas podem se tornar referência para outras mulheres potiguares. “Elas podem passar a acreditar que somos tão boas quanto as mulheres de outros estados. Temos muita gente boa aqui no RN, basta valorizar e reconhecer”, disse a ex-atleta olímpica.

A parlamentar Cristiane Dantas (Solidariedade) também prestigiou o evento, parabenizando as homenageadas e ressaltando a importância delas para a história do Rio Grande do Norte.

Nenhum comentário