Suspeitos de matar cabo Figueiredo e sargento Elton são presos na Grande Natal



Os principais suspeitos de estarem envolvidos na execução de dois policiais militares do Rio Grande do Norte, o cabo Figueiredo e sargento Elton, foram presos numa operação da Polícia Militar neste sábado (06) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal. A informação é da assessoria de comunicação da PM. A dupla confessou o crime. Além disso, outros dois homens foram presos.
Policial Militar João Maria Figueiredo era ligado a movimentos sociais e fez a segurança da governadora eleita Fátima Bezerra (PT)
Segundo informações da PM, dois dos quatro homens detidos são menores de idade. Eles são suspeitos de integrarem uma quadrilha que cometia assaltos na região. Durante a operação, foram apreendidas uma arma artesanal, um simulacro de pistola, balaclava, vários documentos e cartões pessoais de prováveis vítimas de roubo, além de uma motocicleta, que a PM acredita ter sido roubada e utilizada na prática de delitos, além de capacetes.
A Polícia Militar pede que vítimas de assaltos e arrombamentos compareçam à delegacia de plantão da zona Norte para o reconhecimento dos suspeitos.
O soldado da Polícia Militar João Maria Figueiredo da Silva, de 37 anos, foi morto a tiros no final da tarde do dia 20 de dezembro do ano passado, numa estrada carroçável localizada nas proximidades do Motel Ele e Ela, na Zona Norte. João Maria atuava na segurança pessoal da então governadora eleita, Fátima Bezerra, e fazia parte do Movimento Policiais Antifascismo. A vítima foi alvejada com quatro tiros, sendo três na cabeça e um no braço.

Nenhum comentário