Rogério Marinho: "Governos estaduais hoje são síndicos de massas falidas"


O secretário especial da Previdência do Ministério da Economia, o ex-deputado federal potiguar Rogério Marinho (PSDB) concedeu longa entrevista ao jornal Tribuna do Norte, publicada em sua edição deste domingo (21). Entre os assuntos abordados, o ex-parlamentar falou sobre a crise financeira enfrentada por vários estados brasileiros, entre eles o Rio Grande do Norte.
"Os estados e municípios estão passando por problemas mais sérios que o governo federal. Basta ver o que acontece no Rio Grande do Norte, tem funcionários com quatro folhas sem receber os seus salários. Mas não é só o RN, é o Rio de Janeiro, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, estados importantes. O fato é que esse sistema atual exauriu, os governos hoje são síndicos de massas falidas, administram dívidas, pagamentos de pessoal e pagamentos de pensão e previdência e o conjunto da sociedade está à margem, por isso a necessidade de fazer a reestruturação do sistema previdenciário. Os maiores interessados são a população mais pobre, porque não tem hoje a assistência que precisa ter do estados brasileiro, estados e municípios, para atender demandas legítimas ligadas à saúde, educação e investimentos importantes que gerem oportunidades para as pessoas", disse Rogério Marinho em um dos trechos da entrevista.

Grande Ponto

Nenhum comentário