Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo é instalada na Assembleia


Crédito da Foto: Assessoria de Comunicação
 
Levando em consideração a importância das cooperativas para a economia do Rio Grande do Norte, a Assembleia Legislativa instalou nesta quarta-feira (24) a Frente Parlamentar de Apoio ao Cooperativismo – Frencoop.

O deputado George Soares (PR), presidente da Frente Parlamentar, falou da expectativa da criação de uma agenda propositiva de reuniões por todo o Estado. “Hoje temos cerca de 72 mil cooperativados em 118 cooperativas ligadas ao sistema OCB - Organização das Cooperativas Brasileiras, e esse número cresce quando incluímos outras organizações. São mais de 2 milhões de potiguares diretamente atendidos pelo sistema de cooperativas do RN”, explicou George Soares.

O deputado Coronel Azevedo (PSL), que também integra a Frente juntamente com os deputados Galeno Torquato (PSD) e Francisco do PT , falou do objetivo em apoiar todas as iniciativas de cooperativismo no RN.

O Governo do Estado foi representado pelo secretário de Agricultura, Pecuária e Pesca, que também é presidente do Conselho Estadual de Cooperativismo (CECOOPE), Guilherme Saldanha, que afirmou a intenção do governo em apoiar a agricultura familiar e o pequeno agricultor, com projetos de aquisição de  produtos para a fabricação de parte da merenda escolar, restaurante popular e alimentação do sistema prisional.

Para Roberto Coelho, presidente da Organização das Cooperativas do Estado (Ocern), a história econômica e de desenvolvimento do RN é ligada diretamente às cooperativas. Roberto lembrou que 60% das habitações e 90% da energia rural do nosso estado tiveram a participação das cooperativas para a realização e agradeceu a criação da Frente e reconheceu a importância do apoio legislativo para a manutenção e crescimento das cooperativas.

Também estiveram presentes o presidente do Sindicato dos Médicos do Rio Grande do Norte (Sinmed-RN), o médico Geraldo Ferreira, o Pró-reitor da UERN, Emanuel Nunes, além de representantes de diversas cooperativas potiguares.

 

Nenhum comentário