Em Natal, Festival de Samba arrecada mais de 700 kg de alimentos para doação




Três instituições cadastradas no Programa Mesa Brasil do SESC foram beneficiadas com arrecadação dos dois dias de evento na Arena das Dunas.
A primeira edição do Festival de Samba Ribeira Boêmia foi um sucesso de público, crítica e arrecadação. Em dois dias de evento na Arena das Dunas, mais de 2 mil pessoas compareceram para prestigiar 19 atrações locais e nacionais. Com o sistema de meia-entrada social e graças a uma parceria com o programa Mesa Brasil do SESC, foram arrecadados 720 kg de alimentos não-perecíveis.
Três instituições cadastradas no programa de segurança alimentar e nutricional foram beneficiadas. A Sociedade Professor Heitor Carrilho, que desenvolve um trabalho em prol das pessoas com deficiência, recebeu 300 kg; o Instituto Terapêutico Nova Aliança, que trata dependentes químicos, ficou com 270 kg e à Aldeias Infantis SOS Brasil, organização humanitária pela infância, foram destinados 150 kg.
“Tivemos o privilégio de participar do Mesa Brasil do Sesc, em parceria com a Fecomércio, para receber parte da arrecadação do Festival de Samba Ribeira Boêmia. Nossa demanda por alimento é muito alta. Por isso, a gente agradece essa parceria que já dura quase 15 anos”, disse Murilo Vieira do Amaral, coordenador do Instituto Nova Aliança.
No sistema de “ingresso solidário”, o espectador se compromete a levar 1kg de alimento não-perecível no dia do show para garantir o direito de comprar o ingresso com valor de meia-entrada.
O Festival
Na sexta-feira (29), se apresentaram os grupos potiguares Batuque de Um Povo e Samba Preto no Branco, com seus respectivos convidados. Na sequência, os anfitriões da Roda de Samba do Ribeira Boêmia, receberam Didi Assis, Renata Jambeiro e Diogo Nogueira. Atração mais esperada do evento, o cantor carioca levou o público ao delírio com sucessos como Pé na Areia e Clareou.
Com a mesma empolgação, começou o segundo dia de Festival, no sábado (30). As atrações locais foram Quarteto Linha e Família Além do Normal, também com convidados especiais. o Ribeira Boêmia fez seu show logo em seguida, acompanhando Josy Ribeiro, Reinaldo – o Principe do Pagode e Leandro Lehart. O vocalista do Art Popular proporcionou uma viagem no tempo com os hits Temporal e Fricote.
“Foi uma experiência única fazer esse festival. Conseguimos reunir em Natal talentos locais e artistas que não pisavam aqui há muito tempo ou até que nunca tinham vindo à cidade. É hora de agradecer a todos que acreditaram no nosso projeto”, comemorou Leonardo Galvão, um dos produtores da festa.
O Festival de Samba Ribeira Boêmia teve patrocínio da Prefeitura do Natal, pelo Programa Djalma Maranhão, e da Unimed Natal. Apoiaram o evento: ART&C, Guria Produtora, O Boticário, Consultor Express, Cachaça Papary e Agência Comunicato.

Nenhum comentário