Giradança reestreia Proibido Elefantes em Natal (RN)



O espetáculo "Proibido Elefantes" estreou em 2012 através do Prêmio Procultura 2010 (Ministério da Cultura), recebeu o Prêmio Klauss Vianna Petrobras de Dança 2012 (Funarte), participou do Ano do Brasil em Portugal em 2013 e circulou por mais de 40 cidades brasileiras no Palco Giratório - SESC em 2015.
Com concepção, direção e coreografia de Clébio Oliveira, Proibido Elefantes é um espetáculo que fala do olhar como via de acesso, porta de entrada e saída de significados.

O modo como percebemos a "realidade" é resultante do diálogo que estabelecemos com esta: nosso olhar é constituído pela realidade assim como a realidade é constituída pelo nosso olhar - a construção do sentido transita em via de mão-dupla.

O olhar enquanto apreensão subjetiva do mundo é, neste trabalho, apontado como elemento potencializador do sujeito diante do mesmo.
Proibir elefantes é restringir o acesso, impedir o livre trânsito do animal que serve como meio de transporte na Índia, mas que causaria enormes transtornos em outras localidades.

Proibir elefantes, neste espetáculo, é proibir o olhar que ressalta as limitações, os impedimentos; que duvida da capacidade do sujeito frente à adversidade.

Proibir elefantes, aqui, é apostar no olhar do sujeito sobre si e sobre o mundo em que vive como elemento ressignificador e instaurador de realidade.


Informações:
Contato com a imprensa: Álvaro Dantas (84) 99834-7800

Espetáculo: Proibido Elefantes
Local: Casa da Ribeira – Rua Frei Miguelinho, 52, Natal/RN
Data: 02 de fevereiro
Horário: 20:00
Valores: R$ 15,00 e R$ 30,00 (inteira)

Ingressos:
→ Online via Sympla: 
https://www.sympla.com.br/proibido-elefantes-na-casa-da-ribeira__437285
→ Casa da Ribeira - aberta de seg à sexta das 14 às 17h.

Ficha técnica:

Concepção, Coreografia e Direção: Clébio Oliveira
Direção Artística: Alexandre Américo
Assistente de Coreografia: Álvaro Dantas
Bailarinos/criação: Álvaro Dantas, Jania Santos, Joselma Soares, Marconi Araújo, Iego José e Ana Vieira
Produção Executiva: Celso Filho
Trilha Sonora Original: Toni Gregório
Figurino: Loris Haas
Colaboração: Daniela Fusaro
Consultoria de projetos: Ana Paula Medeiros
Design de Luz: Ronaldo Costa
Operação de Luz: Nando Galdino

Nenhum comentário