Assembleia Legislativa celebra 65 anos de fundação da Fiern


Crédito da Foto: Eduardo Maia

Os 65 anos de fundação da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (Fiern) foram comemorados na Assembleia Legislativa. A homenagem, proposta pelo deputado Kelps Lima (Solidariedade), aconteceu em sessão solene realizada na manhã desta segunda-feira (03) e contou com a presença dos deputados Hermano Morais (MDB) e Ricardo Motta (PSB), autoridades, diretores, dirigentes, servidores e funcionários da instituição, empresários, representantes de sindicatos de categorias e familiares.

“É imperiosa a necessidade de incentivar o empreendedorismo e não tem como falar disso sem citar a Fiern. A instituição representa o que existe de mais organizado para retomar o crescimento da nossa economia e não vejo como o RN pode se desenvolver com um projeto sem que a Federação das Indústrias esteja envolvida. Que essa solenidade seja um marco para estreitar cada vez mais os laços entre as instituições”, disse o deputado Kelps Lima.

O atual presidente do Sistema Fiern, Amaro Sales, destacou a história da federação, agradeceu a homenagem e convocou os diversos setores da sociedade para atuarem em conjunto pelo desenvolvimento do Estado. “Para mim e todos os diretores, é uma generosa graça de Deus e satisfação fazer parte da história da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte. Aproveito essa oportunidade para destacar a necessidade de termos mais atratividade e procurar empresas que se interessem pelo RN”, disse.

A proximidade com um novo governo também foi destacada por Amaro Sales por meio do programa Mais RN. “Um projeto de desenvolvimento que traz o RN para seu eixo de desenvolvimento. Ele foi entregue para a governadora eleita Fátima Bezerra e, se desenvolvido, colocará o RN no caminho no desenvolvimento”, finalizou.

Histórico
Fundada em 27 de fevereiro de 1953 a Fiern é uma entidade sindical de grau superior com base territorial em todo o Estado. Possui a missão de fortalecer a indústria, atuando na representação e defesa de seus interesses, na promoção da educação profissional e qualidade de vida do trabalhador e no desenvolvimento tecnológico e empresarial, propiciando a melhoria da competitividade das empresas industriais do RN de forma sustentável.

O primeiro presidente da instituição foi Joaquim Victor de Hollanda. Em seguida, vieram João L. de Vasconcelos, Severino Uchôa Correia, Clóvis Motta, João Frederico A. Galvão, Augusto Alves da Rocha, Raimundo Chaves, Osório Bezerra Dantas, Euvaldo de Lima Maia, José Nilson de Sá, Expedito Amorim, Fernando Bezerra, Abelírio Rocha, Flávio Azevedo e Amaro Sales de Araújo.

Nenhum comentário