Diminua seus rastros na internet de forma rápida


O Facebook, uma das maiores redes sociais do mundo, passa pelo momento mais delicado de sua históriadepois de ter sido acusado de usar de forma ilegal os dados pessoais de seus usuários. Isso fez com que muitas pessoas excluíssem suas contas na rede social ou tomassem mais cuidados sobre o que compartilham em seus perfis na internet. O fato é que o incidente fez com que parte dos usuários ficasse mais cuidadosa.
Mas não é de hoje que é preciso ter cuidado com o que se compartilha na internet. Em diferentes episódios nos últimos anos, empresas como Uber, Yahoo e Google já foram vítimas de ataques de hackers e tiveram os dados de seus clientes vazados. O fato é que esses acontecimentos mostram que as informações compartilhadas na internet nunca estão totalmente seguras.
Por isso, abaixo estão cinco dicas de como reduzir a exposição na internet, não privando os usuários de usar as redes sociais, mas elevando a atenção sobre o que se compartilha em diferentes sites, por mais seguros que sejam.

1 – Limpe a página do Facebook
Muito usado, principalmente no Brasil, o Facebook guarda muitos dados de seus usuários. Porém, para saber quais informações a rede social tem sobre você, basta que seja feito o download de todos esses dados. Para fazer isso, é necessário ir em “configurações” – que encontra-se no canto superior direito da tela – e selecionar a opção “baixar uma cópia dos seus dados no Facebook”.
Ainda no menu de configurações, o usuário pode ver e remover as informações que todos os aplicativos têm a seu respeito, seja para acessar um jogo através da plataforma, ou em um teste feito em seu perfil. Além disso, também é possível desabilitar o acesso às informações de aplicativos que seus amigos usam. Basta ir na opção “aplicativos que outras pessoas usam”.

2 – A Google sabe muito sobre você
De seus acessos no celular até o seu acesso ao computador, a Google coleta diariamente muitas informações sobre os seus usuários. Basta estar logado em uma conta Google, seja no smartphone Android ou usando a internet por um computador, que a empresa consegue ver cada um de seus passos.
Para saber o que a Google sabe a seu respeito, basta que seja feito o login em sua conta e acesse o link https://myactivity.google.com/myactivity. No entanto, a opção “excluir atividade por” permite que o usuário exclua os dados selecionados que a empresa tem sobre si.
Também é possível fazer o download de todas as informações que a empresa sabe sobre o usuário. O interessado pode acessar o link google.com/takeout e baixar todo o arquivo, que possivelmente será enorme.
Para impedir que a Google continue armazenando informações indesejadamente, o usuário pode ir em “controle de atividades”, ou clicar no link https://myaccount.google.com/activitycontrols, e pausar todos os dados que são salvos pela empresa diariamente.
3 – Por onde anda?
Caso ande com o GPS do seu smartphone, seja ele Android ou Iphone, ligado, há uma grande chance de que a sua geolocalização também esteja sendo monitorada. Caso o seu celular seja um Android, basta que abra o aplicativo do Google Maps, vá no menu e clique em “Linha do tempo”.
Se for um Iphone, é necessário clicar em “ajustes”, “privacidade” e, em seguida, “serviços de localização”. Depois disso é preciso selecionar a opção “serviços do sistema”. Dessa forma, é possível verificar os dados sobre a localização. Caso esteja no computador, basta acessar o link  https://www.google.com/maps/timeline.
Também é possível retirar o acesso a sua localização, que os aplicativos têm. No Android, o caminho é: “configurações”, “aplicativos”, “permissões de aplicativos”, “localização”. No Iphone: “ajustes”, “privacidade”, “serviços de localização” e é possível verificar o caso de cada aplicativo.

4 – Navegação anônima
Já reparou que depois de navegar por um site de compras, os produtos que você havia pesquisado aparecem em outras páginas que você visita?
Isso acontece por causa de rastreadores colocados nos sites. Eles ficam coletando dados por trás dos panos, incluindo suas buscas, sites que você visita e seu endereço IP (número de registro de computadores).
É por isso que, depois de visitar a Saraiva Online, por exemplo, é possível ver propagandas da empresa em outros sites ou redes sociais.
Para evitar que isso ocorra, o Google Chrome, o Firefox e o Safari oferecem a opção de navegar anonimamente. Dessa forma, sempre que a janela for fechada, todos os dados de navegação são deletados.
O Firefox e o Safari permitem que você selecione a opção de sempre navegar anonimamente, enquanto no Google Chrome o usuário pode apenas optar por abrir uma janela anônima para navegar normalmente.

5 – Olho nos aplicativos
Quanto maior o número de aplicativos você tem no celular, maior a quantidade de informações que você cede a diferentes empresas. Isso porque alguns aplicativos solicitam acesso a diferentes informações, até mesmo sendo conectados às redes sociais, para funcionar de forma mais abrangente.
Por isso, é realmente necessário ter todos esses aplicativos instalados? Todos eles são de fontes confiáveis e seguras? Você conhece os termos de privacidade dessas empresas? Todas essas perguntas são importantes para definirmos quem vamos deixar “entrar em nossas vidas”.

Nenhum comentário