Detran-RN passará a usar ‘drogômetro’ nas blitzen, teste que detecta quem dirige sob efeito de drogas


A Lei Seca no Rio Grande do Norte deverá ficar ainda mais rigorosa – para a segurança de todos.
A partir do próximo ano, o Detran, órgão de fiscalização de trânsito estadual, deverá começar a utilizar nas blitzen da Lei Seca os equipamentos capazes de detectar se o motorista está dirigindo sob o efeito de drogas.
“Temos um projeto pronto e vamos incluir no orçamento para passar a valer a partir de 2018”, confirmou ao blog o diretor do Detran Marco Medeiros.
Pela nova fiscalização, passar no teste do bafômetro, que só mede álcool, não será garantia de nada. Se o teste de drogas der positivo, o motorista estará incorrendo em crime de trânsito, com pena de 6 meses a 3 anos de prisão, além da perda da carteira de motorista e multa de R$ 1.915,00.
Drogômetro
O chamado drogômetro é um aparelho semelhante a um maquineta de cartão de crédito que testa a saliva para seis tipos de reagentes, que são: cocaína, THC(maconha),benzodiazepínicos, opioides, anfetaminas e metanfetaminas.
Em resumo, saiu da balada, não bebeu, mas usou: cocaína, crack, bala, doce, raxixe, heroína, crystal, diazepam (sim, ah quem tome para se lombrar) etc; fique atento. Está para acabar a esperteza de dirigir sob efeito de drogas, sem ter ingerido álcool, na confiança da impunidade dos testes atuais.

Nenhum comentário