Obras da fábrica chinesa em Extremoz serão iniciadas no próximo semestre


Representantes da gigante chinesa de painéis fotovoltaicos Chint vieram ao Rio Grande do Norte nesta quinta-feira (09), desta vez para anunciar o início da construção da fábrica de painéis solares para o primeiro semestre de 2018. A unidade será a primeira da Chint na América Latina e o local escolhido para sediar o empreendimento foi o município de Extremoz.

O diretor da Chint na América Latina, Jackie Xiang, fez uma apresentação no auditório da Governadoria, com a presença do governador Robinson Faria, secretários do Governo, empresários, o prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira, vereadores do município que será sede da fábrica, entre outras autoridades.

O empreendimento deve gerar milhares de empregos diretos e indiretos e promete dar início a toda uma cadeia produtiva do setor de energia solar no Rio Grande do Norte, mudando a realidade econômica da região.

“É uma grande vitória e o nascimento de uma nova cadeia produtiva para o Rio Grande do Norte e que vai gerar muitos empregos, pois não é só a Chint, mas virão outras empresas para fornecer material e que vão agregar para a nossa economia e para a geração de empregos”, disse o governador Robinson Faria.

Para o prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira, o empreendimento irá mudar a realidade econômica não só do município, mas de todo o Estado. “Essa produção vai gerar um desdobramento econômico que poderá trazer uma série de outros investimentos, outros setores produtivos para o nosso município e para o nosso Estado”, declarou o prefeito de Extremoz.






Fotos: Canindé Santos

Nenhum comentário