Hermano pede atenção sobre rebaixamento da refinaria Clara Camarão


Crédito da Foto: João Gilberto

O deputado estadual Hermano Morais (PMDB) foi cauteloso em relação à notícia do possível rebaixamento de status da refinaria Clara Camarão, instalada no município de Guamaré. Em pronunciamento na Assembleia Legislativa durante sessão plenária manhã desta terça-feira (7) o parlamentar mostrou-se preocupado, mas disse preferir aguardar posicionamento oficial da Petrobras.

“Tomei conhecimento através de nota encaminhada por Jean Paul Prates, especialista em energia e inteirado do assunto. Diante do cenário de perda de 77% dos investimentos da Petrobras no RN e com uma leva de desemprego que veio como consequência de tudo isso, preferimos aguardar o posicionamento oficial da Petrobras”, disse.

Hermano Morais chamou atenção para a necessidade da união da classe política do Rio Grande do Norte nesse momento para que seja dirimida as dúvidas das intenções da Petrobras. “Queria destacar a preocupação de prefeitos do interior, especialmente de Guamaré, mas também os de outros municípios daquela região. Se confirmada essa mudança de status, será uma perda muito grande, afetando inclusive as empresas privadas”, avaliou.

Mais cedo, o presidente da Assembleia Legislativa, Ezequiel Ferreira de Souza (PSDB), acatou convocação do deputado Fernando Mineiro (PT), e deliberou sobre a posição da Casa contra o rebaixamento de status da refinaria Clara Camarão, instalada no município de Guamaré. Um documento assinado pelos deputados presentes à sessão será lido nesta quarta-feira (8), na Comissão de Desenvolvimento Regional do Senado, em audiência pública proposta pela presidente da Comissão, senadora Fátima Bezerra (PT) para discutir sobre o assunto.

Nenhum comentário