Conheça as figuraças do Red Bull Desafio das Dunas que acontecerá na Praia de Pitangui

Roberto da Gata - Um dos favoritos a conquistar o título - 

Saiba mais sobre a corrida que vai transformar bugueiros que trabalham com turismo em pilotos por um dia.

A criatividade no mundo do esporte a motor está sempre em ascensão. Qualquer veículo motorizado dá asas à imaginação para se criar uma competição. Desta vez, a boa é o Red Bull Desafio das Dunas, que vai ter sua primeira edição no dia 25 de novembro, nas Dunas de Pitangui, em Extremoz, RN.

Sabe aqueles passeios de buggy pelas dunas que todo mundo posta fotos quando viaja para o Nordeste? Pois é. Esqueça. Desta vez, os buggies e gaiolas estarão lá para acelerar tudo o que podem, com manobras que fariam qualquer turista morrer do coração. O Desafio das Dunas vai testar e provar quem é o melhor bugueiro do Brasil.
Eles terão de mostrar muita técnica e acelerar bastante pra superar o percurso de mais ou menos 1 km, demarcado por bandeiras e cheio de curvas. A ideia é aproveitar ao máximo a morfologia das dunas e aquele que for mais rápido será o campeão - e leva R$ 3 mil pra casa.

Nas duas categorias (buggies e gaiolas), todos os pilotos poderão completar o circuito por duas vezes. A quantidade de baterias ainda será definida. Os pilotos que marcarem mais pontos se garantem na final, que terá um confronto único de cinco a seis voltas. Aí é pau na máquina mesmo: quem completar o trajeto na frente, leva o título.

O evento tem até regulamento desportivo e é homologado pela CBA, a Confederação Brasileira de Automobilismo. O Natal Automóvel Clube cuida da organização e a supervisão é da Federação Potiguar de Automobilismo.

Entre os participantes, estão nomes conhecidos como... Mentira, não tem nomes nacionalmente conhecidos. E essa é justamente a graça do evento. Na real, os 'pilotos' de buggies e gaiolas já são atrações locais há muito tempo, mais de 30 anos. Mas é agora que começam a ganhar exposição nacional, no que o Red Bull Desafio das Dunas vai ajudar bastante.

Anote aí alguns personagens marcantes que você vai ouvir falar: Roberto da Gata, Alisson, Jaques de Moura, Jaques de Moura Júnior, entre outros. O trabalho de todos eles é o mesmo: levar os turistas para passear e explorar as Dunas de Pitangui.
Roberto da Gata tem 49 anos e é filho de "Bob" Lira, o primeiro bugueiro de turismo de Natal. O pai dele já tem 72 anos e ainda está na ativa. Roberto começou a pilotar buggy aos 14, ainda sem carta (mas o que é isso, menino!). Junto com o pai, começou o negócio dos buggies e se diz criador das manobras radicais nas areias do Rio Grande do Norte.

“Em 1984, criei o passeio 'com emoção'. Existem as chamadas dunas móveis, onde os ventos estão sempre mudando, as dunas são grandes e o acesso não era fácil. As pessoas tinham medo de entrar lá com o buggy, só que eu não. Os gringos ficam impressionados com as manobras que fazemos. As mais legais são “Morro da Antena”, “Paredão”, “Funil de Jacumã”, “Buraco de Ana Paula”, “Morro de São Paulo”. Roberto da Gata

Os nomes das manobras se referem a pontos específicos das dunas, na maior parte das vezes.
E Roberto quem constrói seu buggy do zero. “O meu é todo de cano – não tem chassi, é toda tubular. Eu monto a estrutura da gaiola e vou colocando a suspensão, o motor, amortecedor, etc. Já tive vários buggies, mas a mão de obra é complicada. Hoje, só tenho mesmo meu buggy de trabalho”, conta.

Valeu, Roberto, estamos loucos pra ver essa traquitana acelerando forte.
Alisson, outro nome confirmado no Red Bull Desafio das Dunas, está no ramo há 18 anos e dirige o buggy de seu pai desde os 15. Fez curso para ser bugueiro e, quando descobriu que existiam as corridas, começou a adaptar seu buggy para corrida até ele virar uma gaiola.

“Meu trabalho é o buggy. Todo dia tô fazendo passeio. Ando uns 90 km todo dia – uns 60 km de areia e 30 km de asfalto. Meu pai é mecânico, então sempre vou para a oficina dele. Meu irmão, quatro anos mais velho do que eu, entrou para as corridas de buggy depois de mim. Hoje, eu e ele temos uma equipe com mais duas pessoas, a Equipe Digital. No Desafio das Dunas, como é uma corrida individual, vou correr contra eles, mas vai ser divertido. Alisson


Jaques de Moura é o mais experiente. Hoje com 67 anos, teve de parar em maio por conta da saúde. Começou em 1992 com uma oficina mecânica, fazendo manutenção em buggy de passeio. Trabalhou em agências de turismo e já participou de campeonatos de buggy e corria com Alisson e Roberto. Tem dois buggies de passeio e um de corrida.

“Em 2007, um bugueiro que trabalhava com a gente pra Europa, onde ele conheceu pessoas e empresas que se interessaram em promover eventos e investir na cidade. Aí eles lançaram o arrancadão, exclusivamente para bugueiros. Como sempre gostei de velocidade, fui participar e acabei sendo campeão. Me entusiasmei com isso e preparei um buggy só pra corrida. Jaques de Moura

Quem dá sequência à história de Jacques é o filho, Jaques Júnior, de 35 anos. Eles têm um carro apenas, então Júnior começou a correr só em junho, logo depois que seu pai parou. Ele também é mecânico e faz a preparação dos carros.
Marque aí na agenda! O Red Bull Desafio das Dunas é dia 25 de novembro e você acompanha a cobertura completa aqui no Red Bull.com. É com emoção!


Com informações do redbull.com

Nenhum comentário