Programa “Justiça e Escola” forma 120 educadores de Extremoz


O Programa “Justiça e Escola”, do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), formou 120 professores e gestores escolares da rede pública municipal de ensino em Extremoz. O evento foi realizado em parceria com a Prefeitura de Extremoz, por meio da Secretaria Municipal de Educação, durante esta quarta (27) e quinta (28). A solenidade de encerramento foi nesta quinta-feira, na Universidade Aberta do Brasil (UAB) – Polo Darcy Ribeiro.
O programa tem como objetivo disseminar nas escolas do município princípios de Justiça para cultura de paz e educação ética dos alunos e é realizado por meio de oficinas ministradas por formadores do Tribunal de Justiça acerca de temas jurídicos de interesse da comunidade escolar.
A metodologia usada é chamada “O Caráter Conta”, que se baseia em seis pilares: sinceridade, respeito, responsabilidade, senso de justiça, ética e cidadania. Os professores formados nessa edição do “Justiça e Escola” serão multiplicadores em suas respectivas escolas e creches.
O evento contou com a presença do prefeito de Extremoz, Joaz Oliveira; do coordenador-administrativo do programa Justiça e Escola, Paulo Sérgio; além de professores, gestores escolares, vereadores e secretários municipais.
O prefeito Joaz Oliveira agradeceu o Tribunal de Justiça pela parceria e se mostrou à disposição para sediar outras edições do programa em Extremoz. “Agradeço ao Tribunal de Justiça e a cada um de vocês professores, que são os principais responsáveis para que esse evento pudesse acontecer. Obrigado a todos vocês por proporcionar esse evento tão imprescindível para o nosso município”, declarou o prefeito.
O secretário de Educação de Extremoz, Eliê Ribeiro, falou sobre a redução de conflitos sociais através da aplicabilidade dos valores repassados pelos formadores. “Espero que vocês se tornem agentes multiplicadores desta boa nova, o programa Justiça e Escola, buscando tornar nosso mundo melhor e ajudando a transformar a sociedade”, acrescentou.


Fotos: Canindé Santos

Nenhum comentário