REUNIÃO ENTRE AMBULANTES DO ALECRIM E SEMSUR TERMINA EM CONFUSÃO


A reunião entre a Secretaria de Serviços Urbanos de Natal (Semsur) e os ambulantes que atuam no bairro do Alecrim, prevista para a manhã desta segunda-feira (25), não pôde ocorrer. Não houve consenso entre os representantes da Prefeitura do Natal e os profissionais sobre os que poderiam participar do encontro, causando tumulto na antiga rodoviária da cidade, na Ribeira. Um novo encontro será agendado.

Com ânimos exaltados, gritos e a invasão do auditório do museu, o secretário de serviços urbano, Jonny Costa, decidiu por cancelar o encontro, que se iniciaria por volta das 9h30.

A Prefeitura do Natal pretende começar o reordenamento do bairro da Zona Leste da cidade no próximo dia 7 de outubro e terminar todo o processo em 24 meses. A ideia do executivo é trazer benefícios à população que frequenta as lojas e calçadas da região, para os lojistas que possuem seus negócios no bairro e também os trabalhadores informais que ocupam as calçadas.

Uma das categorias diretamente impactadas, em um primeiro momento, será exatamente a dos ambulantes. Já no próximo dia 7, o grupo de camelôs e ambulantes que está sendo convocado para esta reunião não poderá mais frequentar o espaço. A calçada será revitalizada e padronizada.

Após a obra, o espaço deverá permanecer livre para pedestres trafegarem ou entrarem nas lojas. A secretaria confirma até já possuir um planejamento de fiscalização para impedir eventuais retornos ao local de forma desorganizada como é hoje.

Esse será o primeiro de um total de sete trechos de calçadas, divididos em iguais etapas, que farão parte do reordenamento previsto no bairro. A proposta é diminuir ao máximo a atuação desses tipos de vendedores nas calçadas. Dois micro-shoppings e um outlet serão erguidos no bairro para abrigar, essencialmente, os ambulantes do Alecrim.

Nenhum comentário