Voto impresso tem maioria para avançar na Câmara dos Deputados

 


Voto impresso nas eleições deve ser aprovado na comissão que analisa o tema na Câmara com aval não apenas de governistas.  Segundo um levantamento realizado pela Agência Estado, com os atuais 32 deputados do colegiado aponta que 21 são favoráveis e apenas quatro são contra. Outros sete ainda estão indecisos.

A possibilidade de implantar esse voto impresso não conta com a simpatia do presidente do Tribunal Superior Eleitoral, ministro Luis Roberto Barroso, que afirma que a medida representa um “retrocesso”, mas que, uma vez aprovado, o novo sistema será adotado.

O ministro afirmou ainda que, caso o Congresso aprove o voto impresso, o TSE fará seu trabalho para colocar a escolha em prática. No entanto, para passar a valer já nas eleições de 2022, a PEC tem de ser aprovada nos plenários da Câmara e do Senado até o início de outubro.

Nenhum comentário