Região Metropolitana de Natal tem menor taxa de ocupação de leitos críticos Covid no RN


A tendência de queda de internações de pacientes com Covid-19 segue firme no Rio Grande do Norte. Na manhã desta quinta-feira 24, o Estado potiguar atingiu 71,8% de ocupação de leitos críticos para infectados com a doença. A Região Metropolitana de Natal tem a menor taxa: 66,1%.

 Os dados são da plataforma Regula RN e foram checados às 8h30. A região Oeste potiguar ainda preocupa, já que mantém o índice acima de 80%. No Seridó, a taxa chegou aos 72,5%. 

Na manhã desta quinta-feira 24, o Rio Grande do Norte tem 115 leitos críticos disponíveis para a população. Apenas um paciente está na fila de regulação para ocupar uma das vagas. 

“Graças a Deus, a pandemia está dando sinais de melhoria no RN”, avalia Fátima Bezerra

 Considerando o quadro epidemiológico da Covid-19 no Rio Grande do Norte, com a redução gradativa na ocupação dos leitos de UTI Covid e o avanço da vacinação nas faixas etárias acima dos 18 anos, o Governo do RN emitiu um novo decreto que flexibiliza a retomada gradativa das atividades econômicas no estado, reforçando os cuidados na adoção de medidas protetivas para evitar a disseminação do vírus. 

“Graças a Deus, a pandemia está dando sinais de melhoria no RN. Ou seja, o quadro pandêmico arrefeceu mais uma vez. Os principais fatores que contribuíram para essa melhoria da pandemia são a cobertura vacinal associado as medidas de enfretamento à pandemia que o governo vem adotando, com destaque para os decretos regionalizados que possibilitaram maior integração das prefeituras com o Governo do Estado na fiscalização das medidas necessárias para mitigar os impactos da pandemia no Rio Grande do Norte”, destacou a governadora Fátima Bezerra, durante coletiva de imprensa realizada no auditório da governadoria no início da tarde desta quarta-feira 23.

Agora RN 

Nenhum comentário