Galeno Torquato registra visita técnica da Frente Parlamentar das Águas às obras do São Francisco

 


Satisfeito com o que observou, o deputado e presidente da Frente Parlamentar das Águas da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Galeno Torquato (PSD), registrou durante pronunciamento na sessão desta terça-feira (1°), a visita técnica realizada pelo grupo de trabalho às obras do Programa de Integração do Rio São Francisco (PISF), nos municípios paraibanos Cachoeira dos Índios, Cajazeiras e São José de Piranhas. 


“Quero registrar aqui a nossa alegria de saber que com a conclusão desse canal, as águas do São Francisco chegarão a nosso RN ainda esse ano através do eixo do rio Piranhas-Açu. É uma obra grandiosa”, disse.


A visita técnica da Frente ocorreu na sexta-feira passada (28) e contou também com a presença dos deputados Francisco do PT, vice-presidente e Coronel Azevedo (PSC).


Os parlamentares ficaram satisfeitos com o andamento dos trabalhos, notadamente pois, como destacou o deputado Galeno Torquato, constataram que vai permitir a chegada da água do Rio São Francisco ao Rio Grande do Norte, a partir do Rio Piranhas-Açu e posteriormente, pelo ramal Apodi, ao rio Apodi-Mossoró e aos reservatórios de Pau dos Ferros e Apodi. 


Acompanhados de técnicos do Ministério do Desenvolvimento Regional e de colegas parlamentares da Paraíba, a comitiva foi ao sítio Redondo, em Cachoeira dos Índios, local onde será construído o Reservatório Tambor. 


É de lá que será alimentada a segunda entrada da água do Velho Chico ao Rio Grande do Norte. A porta de entrada desse ramal será o município de Major Sales de onde seguirá para o Rio Apodi e será interligada aos reservatórios de Pau dos Ferros e Santa Cruz, ampliando a oferta hídrica e proporcionando o desenvolvimento. 


Outra informação é a visita do presidente Jair Bolsonaro ao Estado, prevista para o dia 24 de junho, de acordo com o parlamentar, para assinar ordem de serviço de mais de R$ 1 bilhão para que esse trecho seja concluído.


“Tenho certeza de que em breve período, a região do Vale do Açu, do Seridó, receberá as águas através desse canal e estará chegando para abastecer Oiticica, Armando Ribeiro Gonçalves. Isso vai fazer com que 38 municípios do Alto e Médio Oeste tenham segurança hídrica com a as barragens cheias pela transposição”, comemorou.

Nenhum comentário