Fiscalização resgata 23 aves silvestres nesta sexta-feira na zona oeste de Natal

 


Em mais uma operação conjunta de combate ao tráfico e maus tratos de animais silvestres em Natal, 23 aves silvestres que estavam sendo mantidas em cativeiro numa residência no Bairro Planalto, foram resgatadas na manhã desta sexta-feira (28) . A equipe de fiscalização da secretaria de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb), com apoio da Guarda Municipal (ROMU e GAPA) chegou ao local por meio de denúncia feita na Ouvidoria.

Dentre as espécies resgatadas estão 1 caboclinho, 2 cambica, 8 coleiro da cabeça preta, 5 coleirinho, 1 golinha, 4 azulão, 1 galo de campina e 1 tico-tico. Segundo informações do supervisor de Ambientes Naturais e Biodiversidade da Semurb, Iang Chaves, a fiscalização conjunta é uma rotina para combater esse tipo de atividades na capital.  “Todos os animais silvestres já foram encaminhados ao Ibama para serem avaliados quanto a sua saúde, e posterior reintrodução à natureza”, diz.

Chaves informa também que a multa para quem for pego comercializando, guardando em cativeiro ou depósito, ou ainda, transportando espécimes da fauna silvestre sem autorização é de R$ 500 reais por animal apreendido, podendo chegar até R$5 mil se o animal estiver na lista de ameaçados de extinção, como é o caso dos Periquitos da Caatinga, papagaios e outros. Além disso, a pessoa responde por crime ambiental de acordo com o Decreto Federal nº 6.514/2008.

O supervisor enfatiza que nos caso de criadouros domésticos, a pessoa que quiser entregar o animal voluntariamente aos órgãos responsáveis pode fazê-lo sem sofrer sanções. “Basta entrar em contato com a Semurb pelo telefone da Ouvidoria e solicitar a ida de uma equipe até o local. A mesma lei que pune os infratores também abre essa possibilidade de renúncia da guarda ilegal sem a lavratura de multa”, explica Chaves.

As gaiolas, alçapões e vários recipientes usados para alimentação dos animais serão destruídos para que não sejam mais utilizados. Você também pode ajudar no combate aos maus tratos e tráfico de animais em Natal, basta ligar para Ouvidoria da Semurb no 3616-9829,  que funciona no horário das 8h às 16h, segunda a sexta e fazer sua denúncia. Ou ainda na Secretaria de Segurança Pública no 181 e na Linha Verde do IBAMA no 0800 618 080.

Nenhum comentário