Extremoz completa 58 anos de emancipação política

 



Fotos: Anderson Costa

Hoje, 04 de abril, Extremoz completa 58 anos de história, belezas e tradições. Parabéns a todos os extremozenses que contribuíram no passado e os que hoje, contribuem nessa continua missão de construção de uma história repleta de lutas e conquistas pelo desenvolvimento do nosso município, para que tenhamos uma cidade a cada dia melhor para todos.

Emancipação Política:

Em 04 de abril de 1963, pela Lei número 2.876/1963, a Vila de Ceará - Mirim, assim como era denominado o Povoado de Extremoz, desmembrou-se do município de Ceará - Mirim e conquistou a sua emancipação política, ou seja, sua independência política, após 211 anos de fundação. De acordo com dados históricos do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema), Extremoz viveu por 105 anos na condição de povoado. Limita-se com os municípios de São Gonçalo do Amarante, Ceará Mirim e Natal.

Extremoz, que faz parte da Região Metropolitana de Natal, foi a primeira Vila da Capitania do Rio Grande do Norte, a partir de 1758. Em agosto de 1885, por causa de uma Lei Provincial, passou a fazer parte do município de Ceará - Mirim, retomando sua emancipação em 04 de abril de 1963, tornando-se município do Rio Grande do Norte.

Nenhum comentário