Revista ‘Lancet’ publica estudo revelando resposta imune de até 98,4% para vacina Covaxin


A revista Lancet, uma das mais renomadas no meio médico, publicou os resultados dos estudos clínicos da vacina indiana Covaxin, que recentemente pediu à Anvisa autorização para uso emergencial no Brasil.

De acordo com o estudo feito em 380 voluntários, chegou a 98,4%no 56º dia após a primeira dose ou 28 dias depois da segunda a resposta imune à vacina desenvolvida pelo laboratório Bharat Biotech, que é representado no Brasil pela Precisa Medicamentos. Apesar de não indicar que a eficácia seja nesse patamar, é um ótimo indicativo.

O estudo foi feito no sistema duplo-cego, quando nem o voluntário nem o médico sabe quem recebeu o medicamento e quem recebeu placebo.

Os pesquisadores acompanharam os voluntários durante todo o período e a maior queixa foi de dor no local da injeção, reportada por 7% deles. O sintoma mais frequente foi de febre leve, reportada por 3% dos participantes, e mal-estar, relatado por 2% deles.

O governo federal já encomendou 20 milhões de doses da Covaxin para auxiliar na imunização do país contra a covid-19.

Dirigentes da Precisa vão se reunir com a Anvisa na próxima terça-feira (16) para avaliar a documentação do pedido de uso emergencial.

Diário do Poder

Nenhum comentário