Remdesivir reduz, em média, cinco dias de internação

 


Na edição desta segunda-feira (15) do quadro Correspondente Médico, do Novo Dia, o neurocirurgião Fernando Gomes falou sobre o primeiro remédio para tratar a Covid-19 aprovado aqui no Brasil: o remdesivir.

O medicamento, que reduz o tempo de internação, poderá ser utilizado em pessoas com idade superior a 12 anos, com pelo menos 40 kg, que estejam com alguma doença respiratória e precisem de suplementação de oxigênio.

“O remdesivir atua no processo dentro da célula, na qual o vírus se multiplica, ou seja, atua na taxa de multiplicação, impactando na carga viral e na questão inflamatória. Estudos mostram que não impacta na mortalidade, e sim na redução no tempo de internação e necessidade de cuidados especiais. O remédio reduz, em média, cinco dias de internação”, explicou Gomes.

“A introdução [do remédio] é endovenosa, acontece dentro do ambiente hospitalar e a pessoa precisa ter diagnóstico de pneumonia pelo vírus e, junto com isso, a necessidade de suplementação de oxigênio, mas não deve estar necessitando a ventilação mecânica. É um momento em que o médico conseguiria repescar essa paciente para evitar que ele tivesse uma complicação e ficasse mais tempo utilizando o serviço de saúde.”

CNN BRASIL

Nenhum comentário