Mulher morre após sofrer acidente em academia funcional

 


Duda Vervloet morreu aos 47 anos após sofrer um acidente em uma academia funcional na cidade de Linhares, norte do Espírito Santo. Segundo testemunhas, ela caiu de uma caixa de madeira que usada para exercícios. Ela ficou 17 dias internada em um hospital particular e faleceu no último sábado (6). 

Ricardo Smarzaro, dono da academia e ortopedista, disse em entrevista à Globo que Duda caiu, bateu a cabeça e deslocou uma vértebra da coluna. Segundo o médico, ela relatou dores e a perda da sensibilidade nas pernas. 

“Na hora, ela perdeu sensibilidade, o movimento das pernas, e estava sentindo muita dor nos braços. Depois, ela começou a ter um pouco mais de edema por causa do choque e perdeu um pouco dos movimentos das mãos”, conta Ricardo. 

Duda ficou internada e passou por uma cirurgia no dia 22 de fevereiro. De acordo com Ricardo, ela voltou a ter sensibilidade nas pernas, mas o quadro clínico piorou muito e a paciente precisou ficar internada na UTI. O ortopedista diz que o motivo dessa piora é um mistério para a equipe médica.

 “Até hoje estamos buscando uma resposta, porque nenhum dos médicos soube explicar o que aconteceu com ela. Ela teve uma complicação respiratória e vascular tão grande que levou ela à UTI após a cirurgia”, finaliza Ricardo.


Agora RN

Nenhum comentário