Hospital Regional do Seridó dispõe de mais 5 leitos de UTI Covid


O Hospital Regional Telecila Freitas Fontes (Hospital Regional do Seridó), em Caicó, reverteu, nesta sexta-feira (12), 5 leitos clínicos para ampliar o quantitativo de leitos de UTI destinados exclusivamente a pacientes com Covid-19. Assim, a unidade passou a dispor de 35 leitos críticos Covid cadastrados no Sistema Regula RN, em sintonia com o plano de expansão de leitos Covid por parte do Governo do Estado do Rio Grande do Norte.

Além desse total de leitos de UTI, o Hospital Regional do Seridó conta com 13 leitos clínicos voltados à assistência aos pacientes acometidos pela Covid-19. A Região do Seridó teve investimentos de mais de R$5 milhões em equipamentos e mais de R$10 milhões em custeio anual, para que a rede assistencial fosse instalada e mantida.

A ação faz parte do conjunto de esforços empreendidos pelo Governo do RN em busca de reduzir a alta taxa de ocupação de leitos no Rio Grande do Norte, e fortalecer e descentralizar os serviços em todas as regiões de saúde do estado no contexto da pandemia da Covid-19.

“A regionalização é uma importante estratégia no SUS para garantir o acesso descentralizado aos serviços de saúde, fortalecendo sua capacidade resolutiva no território onde a população reside. Sempre uma prioridade da atual gestão do Governo do Estado do RN, a regionalização fez toda a diferença no processo de alocação de leitos e garantia do acesso descentralizado. Assim, o Governo do Estado investiu nas estruturas de hospitais regionais, disponibilizando leitos clínicos e críticos exclusivos Covid em todas as regiões de saúde, de modo a evitar o deslocamento dos pacientes do interior para a capital, em busca de assistência. Isso é descentralização dos serviços, qualificação do acesso e respeito à população. Um legado que ficará, garantindo o fortalecimento da regionalização na atenção à saúde”, afirmou a secretária adjunta de Saúde do Estado, Maura Sobreira.

 

Hospital Regional do Seridó - 31 anos de história

 

Referência em traumato-ortopedia e urgências e emergências na região do Seridó, o Hospital Regional Telecila Freitas Fontes completa, nesta sexta-feira (12), 31 anos de existência, marcados pela dedicação na assistência à saúde da população seridoense, centrada na missão de um trabalho humanizado.

Nenhum comentário