Fila de espera por vaga de UTI para covid-19 cai 47,8% em 13 dias no RN

 


O Rio Grande do Norte estava com 73 pacientes na fila de espera por uma vaga de UTI para tratar a covid-19 às 16h50 desta terça-feira (30). O número é 47,8% em relação às 140 pessoas que lutavam por um leito no último dia 17 de março, em horário próximo, conforme informado análise do Portal da Tropical.

Da lista atual, 61 pacientes estão na Região Metropolitana de Natal, enquanto os outros 12 estão na Região Oeste. No cenário anterior, eram 127 pacientes na Grande Natal e 13 no Oeste. Em relação aos dados de domingo (28), o cenário também é de redução na ocupação. Na ocasião, eram 91 pacientes na espera, sendo 82 na Região Metropolitana e nove no Oeste.

Segundo a plataforma Regula RN, 346 leitos definidos estavam ocupados, outros 18 estavam bloqueados e apenas 11 disponíveis - sendo sete deles exclusivos para crianças no Hospital Maria Alice Fernandes, em Natal - de um total de 375 leitos. Esse dado, inclusive, é maior do que o registrado há 13 dias, quando o RN possuía 350 leitos para pacientes em estado grave, conforme a própria plataforma apontava. Para os leitos clínicos, o estado tem 310 ocupados, 39 bloqueados e 88 disponíveis, com a demanda menor do que as vagas.

A taxa de ocupação de leitos se mantém semelhante em relação a duas semanas atrás. O número geral do RN é de 96,9% dos leitos ocupados. A Região Oeste segue com 100% de ocupação. Já a Seridó tem 97,4% e a Metropolitana está com 95,4% dos leitos ocupados. Na análise anterior, os números eram, respectivamente, 97,1%, 100%, 92,5% e 96,5%. Dessa forma, houve piora na região Metropolitana e no Seridó; manutenção no Oeste; e leve melhora na média estadual.

Dos 26 hospitais inseridos na plataforma Regula RN, 21 estão operando com 100% da capacidade nesta terça-feira (30), no momento do acesso da reportagem. Em Natal, os hospitais João Machado e Giselda Trigueiro contavam com apenas uma vaga e o Maria Alice Fernandes com sete. O Hospital Regional Telecila Freitas Fontes, em Caicó, e o Hospital Regional Cleodon Carlos de Andrade, em Pau dos Ferros, também estavam com apenas uma vaga cada. Na semana passada, eram 19 com 100%.

Nesta terça-feira (30), o governo do estado anunciou que ampliou os leitos para tratamento da covid-19 em 55% apenas no mês de março . O reforço no número de leitos é visto como um dos pontos que contribuíram para reduzir as filas por vagas, além do endurecimento das medidas de isolamento social, com o decreto que está em vigor até o próximo dia 2 de abril.

Ainda nesta terça-feira, de acordo com o boletim epidemiológico enviado pela Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), o RN acumula 4.474 vidas perdidas para a doença desde o início da pandemia. Além disso, os casos confirmados chegaram a 195.285.

Portal da Tropical

Nenhum comentário